Cultura

Poeta Paes Loureiro promove palestra sobre a obra Cervantina

A programação do Dia Internacional do Livro continua na terça-feira, 18 de abril – Divulgação

O escritor e poeta João de Jesus Paes Loureiro será um dos convidados da programação em alusão ao Dia Internacional do Livro, comemorado no dia 23 de abril. Paes Loureiro promoverá a palestra sobre a obra literária Cervantina, na segunda-feira, 17/4, às 9h, no Les Artistes Café Teatro, Centro de Manaus. Nesse mesmo dia, no Paço da Liberdade, entrará em cartaz a exposição “Don Quijote – Sonhando um sonho impossível” com peças inéditas do colecionador, professor José Seráfico.

Nascido em Abaetetuba, no Pará, João de Jesus Paes Loureiro é poeta, prosador e ensaísta. Professor de Estética e Arte, doutorou-se em Sociologia da Cultura na Sorbonne, em Paris, com a tese Cultura amazônica: uma poética do imaginário. Sua obra poética tem sua universalidade construída a partir de signos do mundo amazônico – cultura, história, imaginário – propiciando uma cosmovisão e particular leitura do mundo contemporâneo.

Paes Loureiro vem a Manaus a convite de José Seráfico, idealizado da exposição “Don Quijote” e da programação em comemoração ao Dia Internacional do Livro.

Programação

A programação do Dia Internacional do Livro continua na terça-feira, 18, com uma palestra com o professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) Saturnino Valladares, sobre a obra “Dom Quixote”, e ainda uma leitura dramatizada do romance e de poesias feitas por acadêmicos de Letras da Ufam. O evento será realizado de 9h às 12h, também no Café Teatro.

Finalizando os circuitos acadêmicos, na quinta-feira, 20, também no Café Teatro, acontece um seminário sobre Cervantes e sua obra, reunindo os professores e escritores José Seráfico, Márcio Souza, Saturnino Valladares, Wagner Teixeira e Luiz Souza. O seminário acontece no mesmo horário, de 9h às 12h.

Exposição

Com peças feitas de parafuso à cerâmica italiana, no dia 17 de abril, entra em cartaz no Paço da Liberdade, no Centro Histórico de Manaus, a exposição “Don Quijote – Sonhando o sonho impossível”, em homenagem a uma das mais importantes obras da literatura mundial, “Dom Quixote”, escrita pelo espanhol Miguel de Cervantes.

Os “Dom Quixote” são feitos de materiais como acrílico, origami, arame, parafusos, faca, colher, garfo, cerâmica, vidro e até vidro soprado. As peças são de países como Argentina, Uruguai, Itália, Chile, Peru, além de diversas cidades brasileiras.

O Paço da Liberdade é um espaço administrado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e está na Rua Gabriel Salgado, S/N, no Centro Histórico da cidade e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30, e aos sábados, de 9h às 12h30.

Com informações da assessoria

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top