Esportes

Podem existir elencos iguais, mas não melhores que o nosso, diz Marcelo

O técnico Marcelo Oliveira foi apresentado nesta terça-feira (16), como novo técnico do Palmeiras. O treinador de 60 anos assinou contrato com o clube até o fim de 2016 e disse acreditar que a equipe pode brigar pelo título do Brasileiro. Para isso, o treinador espera utilizar o apoio da torcida, que tem comparecido em peso aos jogos do clube no Allianz Parque.

“É possível brigar pelo Brasileiro, mas o principal agora é se aproximar do G4. O Palmeiras tem uma coisa muito boa que é o estádio e o apoio da torcida. Esse apoio é fundamental para conseguirmos um alto aproveitamento em casa”, afirmou.

“Estou chegando com muito entusiasmo, entendendo que podemos fazer coisas importantes. O Palmeiras formou um elenco de boa qualidade técnica e viemos com a intenção de fazer história”, completou o novo treinador palmeirense.

Bicampeão brasileiro com o Cruzeiro, Marcelo chega ao clube alviverde para substituir Oswaldo de Oliveira, demitido na terça-feira (9). O técnico elogiou o seu antecessor e destacou que pretende aproveitar o trabalho que já vinha sendo feito por Oswaldo.

“A dificuldade é ter um início do trabalho já com jogos muito próximos, mas não estamos começando com o time do zero. Estamos começando com uma nova comissão técnica, mas o time já tem uma base montada”, afirmou o técnico, que trouxe para o Palmeiras os auxiliares Tico dos Santos e Ageu Gonçalves e o preparador físico Juvenilson de Souza.

Ao ser questionado se acreditava que poderia conseguir um aproveitamento melhor que seu antecessor, que chegou a ser finalista do Paulista e mesmo assim foi demitido, Marcelo desconversou, mas destacou que acredita que o elenco é bom o suficiente para ser campeão brasileiro.

“Podem existir elencos iguais [no Brasileiro], mas não melhores que o nosso”, disse.

Marcelo é o quarto técnico contratado pelo Palmeiras nos pouco mais de dois anos da gestão Paulo Nobre no clube e, segundo o presidente, será o último, já que o contrato do treinador termina após o fim de seu mandato como presidente.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir