Política

‘Pacotão’ de infraestrutura do governo federal divide opiniões na Aleam

Dos 24 deputados estaduais, 11 apoiam o senador Eduardo Braga (PMDB) e outros 11 se coligaram ao projeto de reeleição do governador José Melo (Pros). Os outros dois, Chico Preto (PMN) e Marcelo Ramos (PSB), também concorrem ao governo – foto: arquivo EM TEMPO

Ponto que mais gerou polêmica na Assembleia foi a diferença de valores previstos para os investimentos no Pará (R$ 21 bilhões) e no Amazonas (R$ 1 bilhões) – foto: arquivo EM TEMPO

O pacote de concessões de infraestrutura da presidente Dilma, de R$ 198,4 bilhões, dominou as discussões na Assembleia Legislativa (Aleam) na manhã desta quarta-feira (10).

Anunciado no dia anterior, com o intuito de reaquecer a economia, o ‘pacotão’ de concessões de ferrovias, rodovias, portos e aeroportos em 13 estados dividiu os parlamentares. Entre os questionamentos, muito se falou sobre a diferença de valores previstos para os investimentos no Pará (R$ 21 bilhões) e no Amazonas (R$ 1 bilhões).

É o caso do deputado estadual Abdala Fraxe (PTN), que ainda lembrou de obras estagnadas no Amazonas, com verbas federais.

“Enquanto nós [Amazonas] vamos receber apenas R$ 1 bilhão, o nosso vizinho, o Pará, vai ganhar R$21 bilhões em recursos. Mais de 1.500 quilômetros em estradas serão construídas no Estado, enquanto por aqui, a rodovia BR-319 [Manaus – Porto Velho] continua parada”, desabafou Abdala em desacordo com a distribuição.
No mesmo tom, o correligionário Orlando cidade (PTN) chamou atenção, além da BR 319, para o aeroporto internacional que também não foi comtemplado pelo pacote.

“O governo federal mais uma vez virou de costas para o Amazonas. Eu não podia deixar de falar desse assunto tão importante para o nosso Estado. O nosso Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em termos de logística de carga é o segundo maior do Brasil e ficou de fora da concessão. Isso é lamentável”, ressaltou.

Discurso otimista

Com um discurso otimista, o deputado David Almeida (PSD) disse que acredita que as ações possam ajudar a economia, além de propiciar uma agenda positiva para o governo.

“O país e a população estão cansados de tanta corrupção, desvios e roubos. Eu torço muito para que os equívocos não se repitam no presente e futuro. Esperamos que essas políticas públicas que estão sendo lançadas pela presidente possam fazer novamente crescer a economia do país”, afirmou.

O deputado Belarmino Lins (PMDB) também ofereceu apoio à presidente, citando as recentes ações do governo Federal para o Amazonas.

“Dilma reorganiza o seu governo, reaquece a economia, gera empregos e dinamiza a infraestrutura. Eu vejo esperanças para a nossa agricultura e para a própria BR-319, há mais de duas décadas à espera de ser revitalizada”, finalizou.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir