Esportes

PM pede para Corinthians chegar em São Januário 2 horas antes de jogo

A Polícia Militar do Rio de Janeiro solicitou ao Corinthians que o ônibus com a delegação do time chegue em São Januário um pouco mais cedo do que o normal, com 2 horas de antecedência.


O jogo contra o Vasco, que acontece na quinta-feira, às 22h, pode dar o hexacampeonato para o clube do Parque São Jorge e é também considerado chave para os cariocas, que brigam para sair da zona de rebaixamento.

“Conversamos com os responsáveis pela segurança do Corinthians mais cedo e eles estão sendo muito solícitos com os nossos pedidos. Normalmente, as delegações chegam ao estádio uma hora antes, mas ficaria muito em cima da hora do jogo”, disse à Folha de S.Paulo o major Silvio Luiz, do Grupo Especial de Policiamento nos Estádios.

“A ideia é que seja pelo menos uma hora e meia antes. O melhor seria que chegassem duas horas antes, foi o nosso pedido. Eles farão o possível para chegar o mais cedo que der”, completou.

Por ser uma partida decisiva, a PM está reforçando toda a segurança para a quinta-feira. Nos últimos dias, ameaças supostamente assinadas por vascaínos circularam pelas redes sociais.

Além de aumentar o efetivo, a PM criou uma área externa exclusiva para corintianos, onde só entrarão torcedores com ingressos em mãos.

A escolta dos uniformizados – cerca de 1.400 torcedores, segundo o major Silvio Luiz- será realizada na divisa entre São Paulo e Rio, como é praxe. A expectativa é de que 30 ônibus cheguem por volta das 13h na divisa.

A ideia é de que eles sejam colocados dentro do estádio por volta das 19h, antes da abertura oficial dos portões.

“Esse foi o combinado que fizemos. Espero que eles cumpram isso”, terminou.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir