Dia a dia

PM é baleado no rosto e filho tem mão cortada após reagirem a assalto em ônibus na Zona Leste

Os criminosos fugiram sem serem identificados – Divulgação

O cabo da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) Aroldo Corrêa da Rocha foi baleado com um tiro no rosto, na noite deste sábado (15), durante um assalto dentro de um ônibus da linha 677 (Cachoeirinha-Jorge Teixeira), na Zona Leste de Manaus. O filho dele, que não teve a identidade revelada, foi esfaqueado na mão. Eles ficaram feridos após reagirem ao assalto.

Leia também: Policial evita roubo em ônibus e é baleado na Zona Norte

O policial foi operado e está em estado estável

De acordo com investigadores da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), os dois criminosos ainda roubaram o dinheiro do PM e a pistola .40, antes de fugirem. As vítimas foram socorridas e levadas ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio. O jovem recebeu atendimento médico e foi liberado. Já o policial passou por uma cirurgia e segue internado em estado estável.

Conforme a PM-AM,  Aroldo e o filho eram passageiros no coletivo quando dois homens não identificados entraram no coletivo se passando por passageiros e, em seguida, anunciaram o assalto. O policial então tentou reagir, ao puxar a pistola da cintura e tentar atirar nos criminosos, mas acabou sendo baleado no rosto por um dos assaltantes armados. Ainda segundo a polícia, outro criminoso que estava com uma faca cortou a mão do filho do policial.

Os criminosos fugiram sem serem identificados. O caso será investigado pela PC-AM. As imagens das câmeras do circuito interno de segurança do ônibus poderão auxiliar nas investigações do crime.

Ana Sena
EM TEMPO

Leia mais:

Homem baleado em assalto a policial civil morre no hospital

Cobrador e passageiro são esfaqueados durante assalto em ônibus

Polícia evita assalto em ônibus e quarteto é flagrado com arma falsa

 

 

 

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir