Dia a dia

PM apreende madeira e motosserras ilegais em ramal no Iranduba

Na manhã desta segunda-feira (10) o Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Amazonas apreendeu aproximadamente 7,55m³ de madeira, além de duas motosserras, no ramal do Caldeirão, AM-070, município de Iranduba. Os responsáveis pelo material ilegal foram detidos.

A apreensão aconteceu durante uma fiscalização de rotina realizada pelo batalhão. De acordo com a Polícia Militar, o transporte da madeira era feito de forma ilegal, já que não foram apresentados os documentos de origem florestal (DOF) da madeira, nem a documentação necessária para o uso das motosserras.

Tanto o material apreendido quanto os suspeitos detidos foram levados ao 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no município de Iranduba, para a realização dos procedimentos cabíveis. O grupo vai ser acusado de violar os artigos 46 e 51 da lei n° 9.605/98, que dizem que “é proibida a prática de receber ou adquirir, para fins comerciais ou industriais, madeira sem que o vendedor apresente a licença expedida pelo órgão responsável. Assim como é proibido comercializar motosserra ou usá-la sem licença ou registro da autoridade competente”.

A pena para os crimes pode chegar a um ano de detenção, além de multa. Para denunciar crimes ambientais ligue para o 190 ou para o linha direta do Batalhão Ambiental, a 98842-1547.

 

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir