Dia a dia

‘Playboy’ é preso na Compensa com R$ 19 mil em espécie cerca de R$ 50 mil em drogas

'Playboy’ foi autuado por tráfico de drogas e, após os procedimentos cabíveis, será encaminhado à Cadeia Pública - foto: divulgação/PC

‘Playboy’ foi autuado por tráfico de drogas e, após os procedimentos cabíveis, será encaminhado à Cadeia Pública – foto: divulgação/PC

Paulo Augusto de Queiroz Galvão Junior, 25, conhecido como ‘Playboy’, foi preso no fim da tarde dessa terça-feira (2), com aproximadamente seis quilos de droga, entre skunk e cocaína, além de R$ 19 mil em espécie, na casa onde morava, localizada na rua Amazonas, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus. Ele foi apresentado na manhã de hoje na Delegacia Geral.

De acordo com o diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Paulo Mavignier, os policiais do departamento estavam investigando ‘Playboy’ há 40 dias.

“Ontem, os investigadores montaram campana nas proximidades da residência dele e no momento em que o avistaram saindo do imóvel com duas sacolas na mão, os policiais o seguiram e quando ele percebeu, jogou a sacola próximo a um igarapé, e tentou fugir, mas foi interceptado pelos policiais. A equipe retornou a casa, junto com ‘Palyboy’, onde foram encontrados quatro tabletes, dentro de uma mala”, disse o delegado Paulo Mavignier.

Após a prisão de ‘Playboy’, um morador do Compensa, que não teve o nome revelado, encontrou a sacola que o suspeito jugou e apresentou o material ilícito no prédio do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Dentro da sacola foram encontrados dois tabletes de skunk. A droga, segundo a polícia, está avaliada em aproximadamente R$ 50 mil.

Com o suspeito também foi aprendido um carro modelo Volkswagem Beetle, de cor preto e placa NOQ – 5130.

Ainda segundo Mavignier, o homem comandava o tráfico na área do bairro da Compensa. Paulo já tinha passagem na polícia por tráfico de drogas e estava em liberdade desde novembro do ano passado.

‘Playboy’ foi autuado por tráfico de drogas e, após os procedimentos cabíveis, será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir