Dia a dia

Plantio e distribuição de mudas marcarão abraço simbólico ao Igarapé do Bindá

A ideia é reforçar a arborização no local, com o plantio de 30 mudas de espécies florestais ao longo do passeio e a distribuição de mudas ornamentais aos moradores - foto: divulgação

A ideia é reforçar a arborização no local, com o plantio de 30 mudas de espécies florestais ao longo do passeio e a distribuição de mudas ornamentais aos moradores – foto: divulgação

Na próxima sexta-feira (22), os moradores do conjunto Eldorado, localizado no bairro Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul, realizarão um abraço simbólico ao igarapé do Bindá, no trecho que integra o Parque Linear Passeio do Bindá, na Zona Centro-Oeste.

A ação faz parte do trabalho de sensibilização ambiental desenvolvida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), em parceria com a comunidade no sentido de estimular o protagonismo dos moradores na tarefa de preservar o espaço, formado pela área verde do conjunto e área de preservação permanente do igarapé, ainda vegetada.

A ideia é reforçar a arborização no local, com o plantio de 30 mudas de espécies florestais ao longo do passeio e a distribuição de mudas ornamentais aos moradores. Com o plantio, o Passeio do Bindá passa a figurar entre as áreas beneficiadas pelo plano Arboriza Manaus, desenvolvido pela Semmas e que visa plantar este ano mais de 10 mil mudas em logradouros públicos da cidade.

A atividade contará também com a participação da equipe da Divisão de Educação Ambiental da secretaria, que levará jogos ambientais e exposição de produtos feitos a partir do reaproveitamento de resíduos sólidos como forma de sensibilizar os moradores sobre a importância da coleta seletiva e dos malefícios causados pelo descarte irregular de lixo em áreas verdes.

O descarte de lixo pelos próprios moradores e comerciantes do conjunto nas margens do igarapé é um dos problemas enfrentados pela Associação dos Moradores e Amigos do Eldorado, principal articuladora da ação. De acordo com o diretor de Áreas Protegidas da Semmas, Márcio Bentes, o órgão pretende desenvolver uma estratégia de gestão das áreas verdes que envolva sempre as comunidades nos conjuntos habitacionais onde ainda existem áreas verdes conservadas.

“O protagonismo de cuidar das áreas verdes junto conosco é o que nos leva a montar uma agenda de ações com as comunidades”, explicou Márcio, chamando a atenção para o fato de que, no caso do Eldorado, foram realizadas visitas técnicas e reuniões com os moradores e feita a aplicação de questionários para subsidiar a elaboração de um diagnóstico socioambiental da área. “Estamos entrando em contato com as associações de moradores e outras entidades comunitárias de modo a fazer um trabalho organizado e finalizando a elaboração de uma agenda de atividades, mas as associações podem também nos procurar para que possamos estabelecer parcerias”, explicou Bentes.

As mudas de espécies florestais, como pau pretinho, jutairana e ipês, serão plantadas em áreas que reforçarão o paisagismo e a ampliação da cobertura vegetal do parque. “Com essa ação, aumentamos o número de locais atendidos pelo Plano Arboriza Manaus, previsto para atender inicialmente 56 locais da cidade, e levamos os benefícios que as árvores promovem para os moradores do conjunto”, afirmou a diretora de Arborização da Semmas, Rosemary Bianco.

 

Da redação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir