Sem categoria

Plamob é sancionado, mas cinco emendas são vetadas

Arthur

Entre as metas vetadas pelo prefeito de Manaus está a emenda que solicitava a construção de recuos em todas as paradas de ônibus da capital. – foto: semcom.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, sancionou na tarde desta terça-feira (29) o Plano de Mobilidade Urbana (Plamob), vetando cinco das 21 emendas apresentadas pela Câmara Municipal de Manaus (CMM) e representantes da sociedade civil, escolhidas durante as audiências públicas realizadas pelo órgão. De acordo com Arthur, a partir de agora, haverá possibilidade de começar um debate com o governo Federal sobre o tema.

“Vou levar pessoalmente às mãos do ministro das Cidades, Gilberto Kassab uma carta aberta solicitando o espaço para a discussão. Ela será acompanhada de um anexo com este plano. Se ele for aceito pelo ministro, isso vai nos levar a outra etapa do projeto de transporte de massa em Manaus”, disse.

Entre as emendas vetadas pelo prefeito de Manaus está a que solicitava a construção de recuos em todas as paradas de ônibus da capital.

De acordo com o executivo, a justificativa era que a medida “cria despesa não prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA), tornando-se proibido pela Constituição Federal. Além disso, os técnicos de trânsito do município não são necessários em todas as paradas”. A outra emenda vetada sugere que o estabelecimento de metas anuais de quantidades de calçadas adequadas entre outras condições. “A emenda carece de detalhamento necessário a sua implantação”, pontuou.

Para o líder do prefeito na CMM, vereador Elias Emanuel (PSDB), com o plano sancionado, a expectativa agora é que de fato o governo Federal abra os cofres para a Prefeitura. Conforme o titular da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho, a prefeitura está fazendo a sua parte para a melhoria da mobilidade, mas sem verbas, não se pode avançar muito.

 

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir