Esportes

Pista de atletismo da Vila Olímpica será reaberta nesta sexta

da Vila Olímpica de Manaus será reinaugurada na tarde desta sexta-feira (8) - foto:  divulgação

da Vila Olímpica de Manaus será reinaugurada na tarde desta sexta-feira (8) – foto: divulgação

Após dois anos fechada para reforma, a pista de atletismo da Vila Olímpica de Manaus será reinaugurada na tarde desta sexta-feira (8). O investimento total para recuperação do espaço foi de aproximadamente R$ 6 milhões. Para inaugurar em grande estilo o complexo, será disputada a prova mais charmosa da modalidade: os 100 metros rasos, com a presença confirmada do velocista e medalhista olímpico, Sandro Viana, que treina em São Paulo e utilizará o torneio para tentar melhorar o seu ranking. As outras provas que dão o pontapé inicial são as finais do salto triplo, lançamento do dardo e arremesso do peso, todas no naipe masculino.

De acordo com o presidente da Fundação Vila Olímpica (FVO), Aly Almeida, a reabertura da pista será uma grande festa para o esporte amazonense, com a presença de atletas, estudantes das escolas públicas e alunos da escolinha de atletismo, que, atualmente, conta com aproximadamente 60 integrantes e tem a oportunidade de voltar a treinar no local.

“Os atletas da escolinha correrão 50 metros, logo na solenidade de abertura, que também terá uma homenagem simbólica ao Sandro Viana”, informou o diretor-presidente.

Novos rumos

A nova pista pode marcar uma nova era no esporte local. Para a presidente da Federação Desportiva de Atletismo do Estado do Amazonas (FEDAEAM), Marleide Borges, nada melhor que essa reforma para alavancar a modalidade no Estado.

“Uma pista dessa tem grande importância. Devemos lembrar que ela foi reformada, porque teve seu material deteriorado antes do tempo. Agora, sabemos que teremos uma pista de qualidade por no mínimo dez anos. Nesse período, vamos formar novos atletas. Faremos pólos nos municípios do Estado. Essa sempre foi uma força nossa. A intenção da federação é aproveitar a pista para fazer um trabalho de renovação”, afirmou Marleide, que acredita na evolução dos atletas amazonenses.

Segundo a dirigente, nesse período de reformas, as competições do Estado foram disputadas na pista de barro da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

“Essa é uma pista oficial. Ela ajuda o atleta a ter uma melhor eficiência de resultado. Podemos comprovar isso nesses dois anos. Tivemos que realizar nossas competições na UFAM. As marcas das competições eram boas, porém, quando os atletas saiam para competir, melhoraram demais esses resultados. Agora, poderemos aperfeiçoar suas técnicas e continuar evoluindo aqui”, ressaltou a presidente.

Motivação

Não é só os profissionais que aproveitarão a reformada pista. A nova geração da modalidade também realizará treinamentos no local. Crianças de quatro a 12 anos fazem parte da escolinha de atletismo da FEDAEAM. Com cerca de 50 participantes, a escolinha tem como objetivo ensinar os fundamentos do esporte para a garotada e, de quebra, revelar nossos talentos para representar o Amazonas no futuro.

Para a professora Margareth Bahia, 46, a nova pista é um incentivo extra para as crianças. Segundo ela, os pequenos atletas demonstraram mais vontade quando souberam que alguns treinamentos serão realizados no local.

“Podemos ter perspectivas futuras agora. É evidente que uma criança não pode treinar apenas na pista, porque sabemos que ela é feita para profissionais preparados. Porém, é atrativo quando trazemos para a pista. Acabamos explicando o espaço e regras. Saber que atletas profissionais passarão pelo local, ajuda as crianças na hora de treinar. Elas ficam imaginando um futuro no esporte”, finalizou.

 

Por Thiago Fernando e Assessorias Equipe EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir