Sem categoria

PF deflagra operação para prender quadrilha que fraudava documentos da Marinha

 

A Polícia Federal no Amazonas deflagra na manhã desta terça-feira (12) a ação policial denominada operação ‘Inocentes’, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em prática de crimes diversos em desfavor da Capitania dos Portos em Manaus, dentre os quais se destacam tráfico de influência, corrupção, falsificação de Cadernetas de Inscrição e Registro (CIR) e outros documentos emitidos pela Marinha do Brasil.

A ação ocorre, simultaneamente, nos estados do Amazonas, Rio de Janeiro e Pará, com o cumprimento de 24 mandados de prisão preventiva (dentre eles, 08 militares), 07 mandados de busca e apreensão e 12 conduções coercitivas.
Também foi decretado, a pedido da Polícia Federal, o sequestro de bens e valores dos suspeitos no valor de aproximado de R$ 2,4 milhões, além da suspensão das licenças de 08 embarcações.

As investigações iniciaram-se a partir de denúncias e documentos elaborados pela Marinha do Brasil, os quais encaminhavam diversas Cadernetas de Inscrição e Registro (CIR) falsificadas, apreendidas durante fiscalizações de rotina realizadas nos rios da Amazônia.

A partir desses dados, a Polícia Federal conseguiu identificar um grupo de despachantes que atuava na falsificação e comércio ilegal desse tipo de documento. A quadrilha também contava com a participação de militares que atuavam na capital amazonense, empresários e donos de embarcações.

Com informações da assessoria.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir