Política

Petistas lançam carta em defesa de José Dirceu, preso na Lava Jato

O documento conta com a assinatura do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT), e dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Paulo Rocha (PA) - foto: reprodução

O documento conta com a assinatura do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT), e dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Paulo Rocha (PA) – foto: reprodução

Dirigentes e parlamentares petistas lançaram nesta sexta-feira (28) uma carta em apoio ao ex-ministro José Dirceu, preso pela Operação Lava Jato. O documento conta com a assinatura do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT), e dos senadores Lindbergh Farias (RJ) e Paulo Rocha (PA).

“As pessoas que conhecem sua história sabem, sim, das fraquezas do homem, do político e do ser humano, mas reconhecem seu valor na História e na luta pela redemocratização do país”, diz o documento.

Integrantes da Executiva Nacional do PT endossam o manifesto, segundo o qual Dirceu é vítima das elites descontentes com sua atuação em favor dos menos favorecidos.

“Sua vida foi prova de suas lutas e vitórias”, diz o texto.

A divulgação coincide com a revelação de denúncias sobre a evolução patrimonial de Dirceu, preso em Curitiba desde o início do mês. No documento, Dirceu é apontado como alvo de golpismo. Sua trajetória é descrita como de um lutador pela democracia.

Organizador do manifesto, João Batista Silva -ex-presidente do PT do Pará- afirma que a decisão de divulgar nasce da necessidade de defender o ex-ministro.

Silva nega ainda que Dirceu irá se desfiliar do partido, como foi ventilado recentemente.

“Não acredito que ele faça isso. Ele é muito racional. Vai esperar e dialogar antes de tomar uma decisão”, disse o petista, que, após consultar seu signatários, divulgou o documento nas redes sociais.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir