Economia

Pesquisa foca em perfil socioeconômico e conhecimento de pescadores ribeirinhos

Uma das principais atividades da região amazônica, muito comum no interior do Estado e dividida em três eixos: ornamental, comestível ou comercial e esportiva, a pesca se tornou a principal finalidade de um projeto de pesquisa desenvolvido pelo professor Adriano Oliveira.

Intitulado “Perfil Socioeconômico e conhecimento etnoictiológico de pescadores do Médio Rio Negro, Amazonas”, a pesquisa tem como objetivo descrever o perfil social, econômico e principalmente averiguar o conhecimento tradicional de pescadores sobre a pesca, a biologia das espécies e a percepção dos estoques naturais nos três eixos da atividade, nas cidades de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro, no Amazonas.

Segundo Adriano, a pesquisa é desenvolvida com a aplicação de questionários que buscam extrair a percepção de pescadores da zona urbana e rural. “A partir dos resultados obtidos, será possível traçar esse perfil socioeconômico, bem como a percepção do conhecimento tradicional do pescador. Tudo isso tem por finalidade fornecer informações técnicas e científicas para auxiliar e subsidiar políticas públicas voltadas para o ordenamento pesqueiro na região, além de fomentar a inclusão e aplicabilidade dos conhecimentos das populações ribeirinhas nas pesquisas, tendo em vista a conservação dos recursos pesqueiros e melhoria da qualidade de vida dessas populações”, disse Oliveira.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir