Esportes

Pelé declara apoio a Champagne na eleição para presidência da Fifa

O ex-jogador Pelé, 75, declarou apoio ao francês Jérôme Champagne na eleição para a presidência da Fifa. A votação para a sucessão de Joseph Blatter acontece no dia 26 de fevereiro.

“Eu apoio Jérôme porque eu o conheço desde 1996, quando eu fui ministro do Esporte. Nós nos tornamos amigos e eu conheço a visão dele sobre futebol, futuro e do jogo. Por isso, eu confio nele. Ele se preocupa com o futuro do futebol”, disse Pelé em um vídeo divulgado no site oficial de Champagne.

“Tenho certeza que ele tem experiência, porque já esteve na Fifa por muito tempo. Sou amigo de todo mundo que ama futebol e eu quero o melhor para o futebol. Acho que ele [Champagne] é uma das pessoas que todo mundo pode confiar”, afirmou o ex-jogador.

Além de Champagne, que é ex-secretário-geral adjunto da Fifa, outros quatro nomes concorrem ao cargo de presidente da entidade: o suíço Gianni Infantino (secretário-geral da Uefa), o príncipe da Jordânia, Ali bin Al-Hussein, o sul-africano Tokyo Sexwale e o presidente da Confederação de Futebol da Ásia, Salman bin Ebrahim Al Khalifa.

Secretário-adjunto e diretor internacional da Fifa entre 1999 e 2010, Champagne é apontado como o candidato preferido de Blatter, suspenso do futebol em meio ao maior escândalo da entidade.

O francês é inimigo de Platini e do ex-secretário-geral Jeróme Valcke, ambos mergulhados em escândalos. Um apoio de Blatter daria a ele força em inexpressivas federações, maioria no mundo do futebol e que podem ser decisivas na eleição.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir