Esportes

Pela primeira vez desde 2003, Marta fica fora da lista de melhor do mundo

Marta foi eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010) – foto: Divulgação/Fifa

Marta foi eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010) – foto: Divulgação/Fifa

Eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010), a atacante brasileira Marta, 29, ficou fora da lista das jogadoras que vão concorrer ao prêmio de melhor do mundo. A lista com as dez candidatas foi divulgada pela Fifa nesta segunda-feira (19).

Capitãs e técnicos femininos poderão votar a partir do próximo dia 26 e terão até 20 de novembro para escolher as três finalistas. A vencedora do prêmio será conhecida no dia 11 de janeiro.

É a primeira vez que Marta fica fora da lista desde 2003, quando foi indicada pela primeira vez e ficou na décima colocação. No ano passado, a atacante ficou em segundo lugar com 14,16% dos votos -foi superada pela meio-campista alemã Nadine Kessler, que teve 17,52%.
Ela ainda coleciona outras três segundas colocações e dois terceiros lugares.

Neste ano, Marta, que atua pelo FC Rosengard, da Suécia, participou da campanha da seleção brasileira na Copa do Mundo do Canadá. O Brasil foi eliminado nas oitavas de final e a atacante marcou apenas um gol na competição -de pênalti na vitória sobre a Coreia do Sul.

As dez escolhidas pela Fifa para concorrer ao prêmio de melhor jogadora do mundo foram Nadine Angerer (Alemanha), Ramona Bachmann (Suíça), Kadeisha Buchanan (Canadá), Amandine Henry (França), Engúnie Le Sommer (França), Carli Lloyd (EUA), Aya Miyama (Japão), Megan Rapinoe (EUA), Celia Sasic (Alemanha) e Hope Solo (EUA).

A Fifa divulgou também a lista dos técnicos de futebol feminino que concorrem ao prêmio: Calle Barrling (Suécia sub-19), Colin Bell (Frankfurt-ALE), Farid Bensiti (PSG-FRA), Jill Ellis (seleção dos EUA), Laura Harvey (Seattle Reign-EUA), John Herman (Canadá), Gerard Prêcheur (Lyon-FRA), Mark Sampson (Inglaterra), Norio Sasaki (Japão) e Thomar Worle (Bayern de Munique-ALE).

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir