Esportes

Pela final de ida do Estadual Feminino, Manaus FC empata com Iranduba em 1 a 1

Jogo de volta da final ainda não possui data agendada pela FAF - foto: Emanuel Mendes Siqueira/Manaus FC

Manaus FC e Iranduba duelam jogo de ida das finais do Estadual de futebol feminino – foto: Emanuel Mendes Siqueira/Manaus FC

O Manaus FC segue firme na luta pelo título inédito do Campeonato Amazonense de Futebol Feminino 2016. A partida ocorreu no estádio Carlos Zamith, na tarde deste sábado (27), o time do técnico Olavo Dantas empatou por 1 a 1 com o Iranduba da Amazônia, em duelo válido pela partida de ida da grande final. O jogo da volta ainda não tem dada confirmada pela Federação Amazonense de Futebol (FAF).

Assim como na fase de classificação, as equipes fizeram um jogo de forte marcação e intensidade. O Iranduba, que é dirigido por Sérgio Duarte, teve maior posse de bola durante todo o primeiro tempo. Vanessa derrubou Nathane na área, mas Djeni desperdiçou a cobrança e a chance de abrir o placar.

Gols

No segundo tempo, o Hulk continuou mais agressivo e abriu o placar num chute cruzado de Elisa Lopes, que desviou na zagueira Vanessa Taube e foi para o fundo da rede da goleira Nira. Na base do coração, o Gavião do Norte foi à luta em busca da igualdade. De tanto insistir, a equipe foi premiada com um golaço de Deise Santos, que bateu falta com a perna esquerda e viu a bola morrer na meta da goleira Rubi.

“Durante a semana treinei bastante as cobranças de faltas e Deus me abençoou com esse gol. A gente não desistiu e buscou o empate e vamos com tudo para o último jogo. Não vamos baixar a cabeça em nenhum momento porque eu acho que a gente tem time suficiente para bater de frente com qualquer um”, comentou Deise Santos.
Estratégia perfeita…

Para o técnico Olavo Dantas, a equipe jogou com a estratégia certa, marcando forte, com bom posicionamento na defesa e esperando o momento certo dos contra-ataques. Inteligência para compensar o poderio técnico, tático e físico do oponente.

“O mais importante foi que a equipe foi valente, a equipe não se entregou. Levamos o primeiro gol e a equipe continuou bem postada e depois nós tivemos a felicidade de fazer um gol com a Deise, que bateu bem na bola. Agora é trabalhar para a próxima partida, mas sabemos que vai ser muito difícil pela qualidade da equipe adversária, por tudo que elas têm. Mas futebol é dentro de campo, não é uma ciência exata”, concluiu o comandante do Manaus FC.

Com informações de Assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir