Sem categoria

Pedreiro de 35 anos é suspeito de estuprar bebê de um ano, em Manaus

 – foto: Arthur Castro

A partir do comportamento da menina, a mulher resolveu examinar superficialmente o bebê e percebeu a vagina da criança com uma aparência estranha – foto: Arthur Castro

Um pedreiro de 35 anos é suspeito de estuprar sua própria enteada, um bebê de 1,5 ano. A acusação foi registrada na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca),no início da noite de quinta-feira (22), após perceber atitudes estranhas da vítima. O caso corre em segredo de Justiça.


Conforme um amigo da família, que preferiu não se identificar, por conta do trabalho, ’Rick’ pediu ajuda de sua conhecida para cuidar da enteada. “Ele era casado com uma adolescente que conheceu em Tefé. Quando eles ficaram juntos, ela já estava grávida e ele cuidava da criança, mas eles se separaram e deixou o bebê com ele. Mas por conta dos serviços de pedreiro, pediu que a conhecida dele ficasse com a menina. Foi aí que ela percebeu umas atitudes estranhas”, informou.

A partir do comportamento da menina, a mulher resolveu examinar superficialmente o bebê e percebeu a vagina da criança com uma aparência estranha.

De acordo com a titular da Depca, Juliana Tuma, o caso de estupro de vulnerável contra uma criança de 1 ano e 5 meses foi registrado na especializada e todas as medidas cabíveis foram adotadas. A Polícia Civil informou que a criança foi encaminhada para um abrigo por não estar acompanhada de um familiar. Mas as informações vão permanecer em sigilo para não atrapalhar as investigações.

A criança foi submetida aos exames de conjunção carnal e corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), ainda na noite da última quinta. O resultado deve sair no prazo de 30 dias e será encaminhado à Depca.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir