País

Peão é pisoteado por touro e morre em rodeio de Mato Grosso

Um peão morreu pisoteado por um touro durante uma montaria realizada em uma feira agropecuária em Juara (cidade a 690 km de Cuiabá-MT).

Weberti Cordeiro, 30, foi atingido pelo animal assim que caiu no solo na noite deste sábado (20). Imagens gravadas pela Federação Mato-grossense de Rodeio mostram que o acidente foi rápido.

Após ser pisoteado no rodeio da 24ª Expovale (Exposição Agropecuária e Industrial do Vale do Arinos), Cordeiro ainda conseguiu dar alguns passos e caiu novamente no chão. Ele usava os equipamentos obrigatórios de segurança, como capacete e colete.

A vítima foi socorrida e encaminhada para uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que estava estacionada ao lado da arena, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O rodeio foi suspenso na sequência.

Em entrevista à reportagem, o diretor da competição Edivaldo Castilho classificou o ocorrido como uma fatalidade e disse que Cordeiro era experiente. “É uma profissão de risco. Ele já montava há quase dez anos. A gente ainda não acredita que aquele pisão matou ele”, afirmou.

Entre os campeonatos que participou, o peão já havia conquistado uma edição do Circuito Mato-grossense de Rodeio, informou Castilho.

O corpo da vítima foi levado neste domingo (21), de avião, para a cidade de Água Boa-MT, onde a vítima morava. O enterro será realizado nesta segunda-feira (22) no cemitério municipal.

Ainda segundo Castilho, os competidores da prova de montaria em touro decidiram doar o prêmio de R$ 20 mil para a família da vítima.

A final da prova, que estava marcada para ocorrer na noite deste domingo (21), foi cancelada. No lugar das montarias, os peões farão uma homenagem a Weberti.

A Acrivale (Associação dos Criadores do Vale do Arinos), que organiza a feira agropecuária, informou que este foi o primeiro acidente com morte registrado na arena de rodeios do evento.

A entidade disse ainda que está prestando todos os cuidados à família da vítima.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir