Sem categoria

PDT decide expulsar Hissa Abrahão e outros 5 deputados que votaram a favor do impeachment de Dilma

Hissa teve embate com Marina, que foi favorável a candidatura de Marcelo Ramos ao governo – foto: divulgação

O pré-candidato a prefeito de Manaus espera por uma decisão favorável – foto: divulgação

 

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) decidiu expulsar o deputado Federal Hissa Abrahão e outros cinco colegas que votaram a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (18), em nota pública pelo próprio partido.

O texto esclarece que a determinação de votar contra o impeachment foi tomada pelo partido em dezembro do ano passado, sendo referendada pelo Diretório Nacional em janeiro. Depois, na última sexta-feira (15), a comissão de ética e os integrantes das bancadas na Câmara e no Senado voltaram a se reunir para reafirmar a posição.

“A comissão de ética iniciou os processos de expulsão garantindo a todos o amplo direito de defesa, previsto na legislação e nos estatutos, e vai submeter o seu parecer ao diretório nacional do PDT, convocado para o dia 30 de maio, no Rio de Janeiro”, diz a nota.

Além de Hissa, os outros cinco deputados que contrariaram a determinação são Mário Heringer (MG), Sérgio Vidigal (ES) e Giovanni Cherini (RS); Flávia Morais (GO), Subtenente Gonzaga (MG).

O partido quer que os deputados infiéis que forem dirigentes estaduais sejam destituídos dos seus cargos. É o caso de Sérgio Vidigal, que preside o diretório regional do PDT no Espírito Santo e Mário Heringer e Hissa Abrahão, que comandam as comissões provisórias do partido em Minas Gerais e Amazonas respectivamente.

Por meio de sua assessoria, Hissa informou que já apresentou a defesa ao conselho de ética do partido e aguarda a decisão da cúpula, que será divulgada no próximo dia 30, com a expectativa de que tudo termine bem e ele possa dar continuidade a seu diálogo e projetos com o partido.

Por equipe EM TEMPO Online e Agência Brasil

2 Comments

2 Comments

  1. APJr

    18 de maio de 2016 at 16:31

    Que os deputados não se preocupem. Vermelhinhos como esses do PT, PCB, PC do B, PSOL , PDT & Cia, há muito destroem social e economicamente nações como a antiga URSS, China Comunista, Alemanha Oriental, Laos, Camboja, Cuba e Venezuela, que lhes cederam espaço. Sinceramente, espero que a terrível experiência vivida nestes últimos anos tenha finalmente nos acordado e que, jamais, a tempo algum, o Brasil volte a oferecer-lhes a menor representatividade política que seja. Que, para o bem de todos e felicidade geral da nação, de hoje em diante, no Brasil, vermelhinho algum consiga se eleger sequer pra capitão de time de terceira divisão …

  2. Jane Cristina Aquino

    18 de maio de 2016 at 14:35

    Isso é brincadeira, o cara é punido por agir certo! Nojo dessa cambada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir