Economia

Paulistas estão na mira do setor turístico do Amazonas

Amazonas participa de evento da Abav que busca atrair turistas estrangeiros para o Brasil – foto: divulgação

Amazonas participa de evento da Abav que busca atrair turistas estrangeiros para o Brasil – foto: divulgação

O Amazonas iniciou, nesta quarta (24), uma campanha para “vender” o Manaus como cidade turística com o foco voltado para o turista nacional, principalmente o paulista.

Segundo a  Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), o interesse se deve ao fato de São Paulo ser hoje o maior o emissor de turistas para o Amazonas, principalmente executivos, empresários e técnicos do Polo Industrial de Manaus (PIM).

“Queremos que esse empresário ou técnico que vai tratar de negócios ou resolver problemas fique até o final de semana e depois volte para Manaus com a família em busca de lazer e da natureza”, afirmou o diretor de marketing da Amazonastur, Nicolas Cabral dos Anjos, durante a 42ª ABAV Expo Internacional de Turismo, evento realizado pela Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav).

Com o estande no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, 13 operadores amazonenses, entre emissivos e receptivos, iniciaram os trabalhos de estabelecer contatos para vender o Estado e colher resultados já no último trimestre de 2014. A campanha pelo “turista nacional” vai mirar no turismo de natureza, segundo a Amazonastur.

De acordo com Nicolas, a feira da Abav é considerada um dos principais eventos para promover os Estados brasileiros para o mundo, em especial, para os países das américas. Contudo, o foco desse ano, incentivado pelo Ministério do Turismo, é o estímulo ao turismo doméstico.

Nota nove

O Amazonas chega na feira, que vai até domingo, com nota nove, segundo explicou Nicolas, depois de um evento “pré-Abav”. Essa média é resultado da avaliação feita por operadores do turismo e jornalistas contratados pela Abav para avaliar os destinos que participam da feira. A nota considerada de alto nível foi publicada no sistema da Associação para operadores emissores e receptores.

Além de São Paulo, Manaus  cresce como destino de turistas nacionais oriundos do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. No âmbito internacional, os principais clientes vêm dos Estados Unidos, Portugal, Alemanha, Japão e China.

De acordo com a diretora do Departamento de Políticas Públicas de Turismo, Adriana Manarino, da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult), a proposta para Manaus é vender o centro histórico da cidade os operadores, principalmente o Mercado Municipal Adolpho Lisboa.

“Desenvolvemos o roteiro do centro histórico e o vendemos no sentido de aliar o turismo de natureza com o que a área urbana da cidade tem a oferecer”’ explicou.

Turismo de negócios

O diretor comercial do Tropical Hotel Resorts, Eduardo Pereira Filho, chegou à feira com a nova classificação de resorts cinco estrelas, conquistada junto a Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), segundo ele, para colaborar o com o Estado na venda do destino.

“A lógica é primeiro convencer o turista a ir para Manaus. Depois buscamos convencer que ele pode ficar no nosso hotel. O Amazonas é um Estado fantástico para divulgação”, avaliou.

Eduardo observou que o turismo de negócios é um grande mercado a ser explorado pelo Estado. Segundo ele, o Tropical, que conta com estrutura para receber eventos, tem quatro grandes encontros agendados para 2015, o que renderá ao hotel 100% da ocupação.

Para ele, Manaus deixou uma marca positiva durante a Copa do Mundo.

Por Emerson Quaresma (Jornal EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir