Esportes

Paris entra na disputa para sediar a Olimpíada de 2024

Paris anunciou oficialmente nesta terça-feira (23) a sua candidatura para sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2024.

O anúncio de Paris, que perdeu por pouco para Londres na batalha para sediar a Olimpíada de 2012, marca o começo de um processo de seleção que dura dois anos, no qual a cidade mais visitada do mundo enfrentará concorrentes como Roma, Boston e Hamburgo pelo direito de receber os Jogos.

“Paris 2024 promete um conceito possível e flexível de Jogos”, disse Denis Masseglia, chefe do CNOSF (Comitê Olímpico Nacional Francês).

O presidente da candidatura e até então principal representante da Federação Internacional de Rúgbi, Bernard Lapasset, afirmou que conta com o pleno apoio dos governos municipal, regional e nacional, assim como do CNOSF e do movimento esportivo francês.

“É maravilhoso receber um apoio público tão significativo e o verdadeiro respaldo de nossos atletas”, ressaltou.

Para Anne Hidalgo, prefeita de Paris, ao se candidatar para os Jogos, a cidade olha em direção a “um futuro emocionante e corajoso enquanto continua fiel a suas ricas tradições esportivas e culturais”.

A prefeita parisiense anunciou que será feito um projeto integral que contará com os maiores talentos de Paris e de sua periferia, com ênfase na juventude, para “mostrar a união e solidariedade de uma cidade cosmopolita”.

Em comunicado, a presidência do país se juntou ao apoio à candidatura, ao considerar que “se trata de um momento único para que toda uma geração se una e mostre ao mundo o melhor da França”.

“O Estado fará tudo para acompanhar o movimento esportivo e apoiar esta candidatura que será exemplar nos planos ambiental, econômico e cidadão”, comunicou o Palácio do Eliseu.

Ao longo dos próximos meses, Paris revelará aos poucos os detalhes de sua candidatura, que será enviada ao COI (Comitê Olímpico Internacional) antes do dia 15 de setembro.

O presidente da entidade, Thomas Bach, disse ao presidente francês, François Hollande, em abril, que Paris seria um “candidato muito, muito forte” para 2024.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir