Dia a dia

Parintins tem quatro casos de leptospirose em um dia

Coordenador não descartou a possibilidade de contágio através de ratos do mato, já que a agrovila do Mocambo está localizada em plena Floresta Amazônica – foto: divulgação

Coordenador não descartou a possibilidade de contágio através de ratos do mato, já que a agrovila do Mocambo está localizada em plena Floresta Amazônica – foto: divulgação

Quatro pessoas de uma família de agricultores que residem na agrovila do Mocambo, zona rural de Parintins (369 quilômetros de Manaus) foram internadas em uma unidade de saúde do município, contaminadas pela bactéria da leptospirose (doença proveniente da urina de roedores).

Os irmãos Cledivaldo Souza dos Santos, 33, Cledilson Silveira dos Santos, 37, chegaram em Parintins em estado grave e foram a óbito na segunda-feira.

Os outros irmão Cledinilson Silveira dos Santos, 30, e Guilherme Teixeira dos Santos, 14, foram removidos às pressas na segunda-feira (4), para Manaus e internados no Hospital Tropical.

Segundo informações da Vigilância Epidemiológica de Parintins ambos já estão fora de perigo e apresentam boa recuperação.

O coordenador da Vigilância em Parintins, Cipriano Coelho, disse que ao tomar conhecimentos dos casos deslocou uma equipe para a agrovila do Mocambo e deu iniciou ao monitoramento de toda área.

“Constatamos a existência de muitos ratos nas imediações da residência onde foram registrados os casos de leptospirose, além da forma como eles acondicionavam os alimentos”, explicou Cipriano.

Ainda segundo ele, a Vigilância Epidemiológica realizou a coleta de sangue de 33 comunitários que de uma forma ou de outra tiveram contato com os pacientes. “É uma maneira de prevenir qualquer possibilidade em relação a doença”.

Deslocamento

Cipriano disse ainda que nesta semana uma nova equipe será deslocada para agrovila para realizar uma operação de capina e limpeza de toda área para evitar a proliferação de ratos.
Ele não descartou também a possibilidade de contágio através de ratos do mato já que a agrovila do Mocambo está localizada em plena floresta amazônica.

A agrovila do Mocambo tem infra-estrutura de uma pequena cidade do Estado. Nela residem cerca de 800 famílias.

A doença leptospirose é causada por uma bactéria altamente infecciosa denominada leptospirose presente na urina de roedores como ratos e outros.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir