Dia a dia

Parceria da polícia apreende armamento, animais e barcos na operação Coari 3

Na edição anterior da operação a parceria rendeu uma apreensão de aproximadamente 2 toneladas de animais silvestres - foto: divulgação

Na edição anterior da operação a parceria rendeu uma apreensão de aproximadamente 2 toneladas de animais silvestres – foto: divulgação

Na operação Coari 3 a parceria da polícia já apreendeu até o momento, três embarcações fora dos padrões das leis marítimas, armamento tipo espingardas e um animal silvestre, da espécie macaco barrigudo.

As ações veem acontecendo desde o dia 1º de junho, na calha do rio Solimões até o município de Coari, por intermédio do Comando de Policiamento Ambiental com o Comando da Flotilha do Amazonas, por meio do Navio Patrulha Naval (NPaFlu) Amapá.

De acordo com o comandante do Navio Patrulha, capitão de corveta Pedrosa, a missão compreende fiscalizar a calha do Rio Solimões até o município de Coari. As embarcações foram apreendidas por não possuírem tripulação para conduzi-las, assim como não serem inscritas junto à Capitania dos Portos, juntamente com infrações das leis marítimas de ausência de extintores e luzes de navegação.

Conforme o comandante Pedrosa, a ação está sendo realizada desde 1º de junho e se estenderá até o dia (11), executada por policiais militares do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, Companhia de Cães da PMAM, duas equipes de cães farejadores do Batalhão de Fuzileiros Navais, tendo como objetivo estreitar laços, assim como, efetuar troca de conhecimentos operativos entre as instituições no âmbito do 9° Distrito Naval.

“Por meio dessa parceria foram apreendidos armamentos longos com munição, um macaco da espécie barrigudo, assim como uma embarcação que realizava transporte e venda de combustível ilegal. Todos os responsáveis por esses crimes foram encaminhados aos órgãos competentes e o animal encaminhado a uma instituição capaz de realizar sua reabilitação”, disse o comandante.

O Batalhão Ambiental mantém a parceria desde a primeira edição da operação “Coari” com Comando da Flotilha do Amazonas. Na edição anterior da operação a parceria rendeu uma apreensão de aproximadamente 2 toneladas de animais silvestres.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir