Dia a dia

Paralisação no transporte escolar do Careiro Castanho ainda não foi resolvida

Comunitários de vários ramais reclamam a falta de transporte escolar para atender os estudantes da rede municipal que estão há mais de 20 dias sem ir às aulas - foto: divulgação

Comunitários de vários ramais reclamam a falta de transporte escolar para atender os estudantes da rede municipal que estão há mais de 20 dias sem ir às aulas – foto: divulgação

O impasse quanto a retomada do transporte escolar no Careiro Castanho (a 83 quilômetros de Manaus) ainda não foi resolvido pela prefeitura do município, mesmo o prefeito Hamilton Villar tendo se comprometido em solucionar o problema em uma reunião que deveria ter acontecido na manhã dessa terça-feira (10). Villar não compareceu à prefeitura para se reunir com lideranças comunitárias e com os pais de alunos. A suspensão do serviço de transporte há mais de 20 dias está fazendo com que mais de 200 alunos não consigam chegar as escolas do município.

Conforme o representante da prefeitura do município do Careiro Castanho em Manaus, Jocimar Trindade um acordo teria sido firmado entre o poder público e os condutores do transporte escolar na semana passada para que o serviço fosse retomado de imediato. Pais e responsáveis por alunos, no entanto, desmentem a informação e afirmam que a paralisação no serviço ainda não foi suspensa e que a paralisação foi motivada por falta de pagamento.

Segundo Jocimar, o prefeito Hamilton Villar convocou uma reunião com os condutores que prestam serviço de transporte escolar na semana passada e na ocasião ficou acertado que os pagamentos atrasados seriam quitados. Após a reunião teria ficado estabelecido que a condução dos estudantes seria normalizada.

Já os pais dos alunos alegam que em nenhum momento os trabalhadores foram convocados pela prefeitura para discutirem os salários que estão atrasados há três meses e, que o sistema de transporte escolar, que atende nove comunidades do município, ainda continuava paralisada até a manhã de ontem.

“O nosso contato com os condutores é diário e sabemos que não houve conversas, que não houve propostas e que os salários continuam atrasados. Tanto é que nossos filhos estão há mais de 20 dias sem ir para a escola por que não tem condução para transportá-los. Sabemos também que não é por falta de dinheiro que esta situação está assim, uma vez que o Governo do Estado transfere verbas para o sistema por meio de uma parceria. Queremos uma definição o quanto antes, porque nossos filhos não podem ser prejudicados com a irresponsabilidade do prefeito”, disse Janaína Schneider.

Conforme Janaína, após a manifestação que os pais fizeram em um trecho do quilômetro 59, da BR 319 na segunda-feira, 9, o prefeito Hamilton prometeu que iria distribuir combustível para que os veículos voltassem a realizar o transporte escolar dos alunos ainda esta semana, no entanto, ele não falou sobre a regularização dos salários atrasados. Segundo Janaína, a população tomará medidas mais severas, caso a situação não seja resolvida

“Se não resolver essa greve, vamos acionar a Polícia Federal para que seja investigado o destino do dinheiro que é repassado para o transporte escolar. Além disso iremos bloquear nos próximos dias a BR 319 como forma de protesto contra essa administração que não tem respeito com a população. Também mostraremos nosso repudio ao Conselho Tutelar que por diversas vezes foi procurado para nos ajudar, mas preferiu se manter calado”, finalizou.

As comunidades de São José, Caapiranga, Manri, São João, Floresta, Cintura Verde, Terra Santa, Lago do Mira e BR, são as prejudicadas com a paralisação do transporte escolar. Ao todo, três ônibus realizam o serviço para essas localidades.

Por Gerson Freitas

1 Comment

1 Comment

  1. Janaína Schneider

    12 de maio de 2016 at 05:48

    Agradeço pelo o apoio da empresa. Sem vcs não poderíamos ministrar com e a verdadeira cara desses político covarde. Só falta colocar a cara do vereador estampado no jornal com agressor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir