Dia a dia

Paralisação na Viação São Pedro volta a prejudicar usuários de coletivos nas zonas Oeste e Norte

 A direção do Sinetram informou que vai acionar a Justiça sobre paralisação - foto: Marcio Melo

A direção do Sinetram informou que vai acionar a Justiça sobre paralisação – foto: Marcio Melo

Ao menos 10 mil pessoas das Zonas Oeste e Norte de Manaus ficaram prejudicadas nesta segunda-feira (4) em mais uma paralisação dos trabalhadores da empresa de transporte coletivo Viação São Pedro. A retenção começou por volta das 4h30 e terminou às 5h30.

Conforme o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), os membros do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM) impediram a saída dos ônibus da garagem da empresa, que fica localizada no bairro Redenção, na Zona Centro-Oeste da cidade.

A direção do Sinetram informou que vai acionar a Justiça sobre paralisação, já que nem a entidade, nem os usuários foram avisados conforme determina a lei de greve.

No mês passado, outras paralisações ocorreram na empresa Viação São Pedro. No dia 22, os sindicalistas fecharam a garagem e 30 mil usuários ficaram prejudicados. No dia 27, houve outra paralisação nesse dia 10 mil pessoas ficaram prejudicadas.

Em todas as paralisações a assessoria jurídica do Sinetram informou que empresa não foi notificada sobre a suspensões dos serviços pelo sindicato dos trabalhadores.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir