Sem categoria

Para ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, PMDB errou ao antecipar rompimento com governo

Braga falou a jornalistas na entrada do Ministério da Fazenda, onde se reúne com Nelson Barbosa - foto: divulgação

Braga falou a jornalistas na entrada do Ministério da Fazenda, onde se reúne com Nelson Barbosa – foto: divulgação

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, afirmou nesta segunda (4) que, à revelia do seu partido, o PMDB, não vai desembarcar do governo. Segundo Braga, a legenda errou ao antecipar a reunião que oficializou o rompimento.

“O PMDB sempre conviveu, ao longo de sua história, com divergências. Eu fui um daqueles que desde o início falei, e continuo acreditando, que aquela reunião não deveria ter acontecido no dia 29 [de março], que era uma precipitação.”

Questionado se continua no cargo, afirmou: “Eu, que já fui governador e prefeito, sei que essas questões dependem sempre do mandatário do Executivo, a presidente da República, no caso. Eu tô trabalhando normalmente, ajudando como posso o país, e como posso a base de apoio da presidente, porque acredito que o país precisa neste momento de soluções”.

Braga falou a jornalistas na entrada do Ministério da Fazenda, onde se reúne com Nelson Barbosa. Perguntado sobre possível redução do preço da gasolina, desconversou: “desconheço”.

Por Folhapress

1 Comment

1 Comment

  1. Hideraldo Costa

    5 de abril de 2016 at 11:27

    Posição correta do nosso Senador Eduardo Braga, continuar trabalhando em prol do Brasil, do Amazonas e do Interior do Estado do amazonas, isso sim é seriedade, parabens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir