Política

Para blindar Dilma, Planalto cancela ida ao Rio e organiza evento no Palácio

O Palácio do Planalto encontrou uma saída dupla para blindar Dilma Rousseff de possíveis protestos durante as celebrações dos 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial, nesta sexta-feira (8).

Cancelou a ida da presidente ao Rio de Janeiro, onde a petista participaria de um evento em local aberto, no Monumento dos Pracinhas, no Flamengo, e organizou um evento de ultima hora no próprio Palácio do Planalto, às 15 horas desta sexta, para as celebrações militares. Dessa forma, a presidente não estará vulnerável a nenhum tipo de protesto.

Em área aberta, avaliam assessores palacianos, Dilma estaria sujeita a vaias e manifestações, que não poderiam ser evitadas pela segurança.

A versão oficial é a de que a viagem ao Rio foi cancelada para “adequamento de agenda”, inclusive com uma nova reunião sobre o pacote de concessões que Dilma pretende lançar ainda no mês de maio. Segundo a reportagem apurou, os investimentos devem chegar a mais de R$ 100 bilhões.

Assessores têm evitado expor a presidente em eventos públicos e em pronunciamento em rede nacional. Dilma fez sua fala de 1º de Maio nas redes sociais e deve repetir esse padrão em outras datas comemorativas.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir