Esportes

Palmeiras quebra tabu no Sul, vence o Inter e se mantém na liderança

O atacante Erick, do Palmeiras, faz o primeiro gol na partida, na tarde deste domingo – foto: Donaldo Hadlich/Framephoto

O atacante Erick, do Palmeiras, faz o primeiro gol na partida, na tarde deste domingo – foto: Donaldo Hadlich/Framephoto

O Palmeiras se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro conseguindo algo que lhe faltava havia 18 anos e seis meses: vencer o Internacional no Beira-Rio.

Com gol de Erik, aos 10min de jogo, o time comandado por Cuca conseguiu o triunfo, chegou aos 32 pontos na tabela e se manteve isolado na ponta. Foi a segunda vitória seguida como visitante no torneio -no dia 4 de julho bateu o Sport por 3 a 1 no Recife. Foi apenas a terceira vitória palmeirense no estádio do Inter em 29 partidas pelo Campeonato Brasileiro -são 19 derrotas e sete empates.

O jogo marcou, do lado gaúcho, a estreia do técnico Paulo Roberto Falcão, ídolo do time nos anos 70 e que substituiu o demitido Argel Fucks. O Inter sofreu sua quinta derrota seguida na competição, e despenca na tabela depois de ter liderado o torneio -é 10°, mas pode cair ainda mais até o término da rodada.

O Palmeiras ampliou a três pontos a vantagem para o Corinthians, que empatou por 1 a 1 contra o São Paulo, em Itaquera.

O jogo
O Inter iniciou a partida com postura de parar o Palmeiras, apesar de jogar em casa. Mas logo no comecinho, um longo lançamento de Cleiton Xavier mostrou qual seria o problema do time gaúcho na primeira etapa: falha de posicionamento da zaga.

O passe de Xavier encontrou Gabriel Jesus, livre na área, mas ele tentou um balãozinho sobre Marcelo Lomba e errou.

Não demorou para, aos 10min, oito depois de Jesus perder o gol, o Palmeiras abrir o placar. Cleiton Xavier fez a jogada pela direita, encontrou Gabriel Jesus no meio, ele dividiu com Paulão e a bola sobrou para Erik, que foi mas rápido que William e fez o gol.

O Palmeiras controlava o jogo como queria, tocando a bola com eficiência, e ainda teve ao menos mais duas boas chances, com Jesus e Roger Guedes, mas parou em Lomba.

Com Valdivia no lugar de Andrigo, o Inter voltou melhor no segundo tempo, conseguindo ficar mais tempo do que o Palmeiras com a bola, ao contrário do que aconteceu na primeira etapa;
A posse, porém, não resultava em lances de perigo. Cuca perdeu Cleiton Xavier com uma pancada no joelho, e colocou Dudu para tentar usar a velocidade do atacante, que começou no banco.

O Palmeiras acabou perdendo força no meio, e logo em seguida Cuca sacou Erik e pôs Rafael Marques, para ficar mais no meio de campo.

O time paulista voltou a equilibrar a partida, controlando a mais bola e evitando que o Inter chegasse mais próximo da área.

Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir