Esportes

Palmeiras quebra tabu no Sul, vence o Inter e se mantém na liderança

O atacante Erick, do Palmeiras, faz o primeiro gol na partida, na tarde deste domingo – foto: Donaldo Hadlich/Framephoto

O atacante Erick, do Palmeiras, faz o primeiro gol na partida, na tarde deste domingo – foto: Donaldo Hadlich/Framephoto

O Palmeiras se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro conseguindo algo que lhe faltava havia 18 anos e seis meses: vencer o Internacional no Beira-Rio.

Com gol de Erik, aos 10min de jogo, o time comandado por Cuca conseguiu o triunfo, chegou aos 32 pontos na tabela e se manteve isolado na ponta. Foi a segunda vitória seguida como visitante no torneio -no dia 4 de julho bateu o Sport por 3 a 1 no Recife. Foi apenas a terceira vitória palmeirense no estádio do Inter em 29 partidas pelo Campeonato Brasileiro -são 19 derrotas e sete empates.

O jogo marcou, do lado gaúcho, a estreia do técnico Paulo Roberto Falcão, ídolo do time nos anos 70 e que substituiu o demitido Argel Fucks. O Inter sofreu sua quinta derrota seguida na competição, e despenca na tabela depois de ter liderado o torneio -é 10°, mas pode cair ainda mais até o término da rodada.

O Palmeiras ampliou a três pontos a vantagem para o Corinthians, que empatou por 1 a 1 contra o São Paulo, em Itaquera.

O jogo
O Inter iniciou a partida com postura de parar o Palmeiras, apesar de jogar em casa. Mas logo no comecinho, um longo lançamento de Cleiton Xavier mostrou qual seria o problema do time gaúcho na primeira etapa: falha de posicionamento da zaga.

O passe de Xavier encontrou Gabriel Jesus, livre na área, mas ele tentou um balãozinho sobre Marcelo Lomba e errou.

Não demorou para, aos 10min, oito depois de Jesus perder o gol, o Palmeiras abrir o placar. Cleiton Xavier fez a jogada pela direita, encontrou Gabriel Jesus no meio, ele dividiu com Paulão e a bola sobrou para Erik, que foi mas rápido que William e fez o gol.

O Palmeiras controlava o jogo como queria, tocando a bola com eficiência, e ainda teve ao menos mais duas boas chances, com Jesus e Roger Guedes, mas parou em Lomba.

Com Valdivia no lugar de Andrigo, o Inter voltou melhor no segundo tempo, conseguindo ficar mais tempo do que o Palmeiras com a bola, ao contrário do que aconteceu na primeira etapa;
A posse, porém, não resultava em lances de perigo. Cuca perdeu Cleiton Xavier com uma pancada no joelho, e colocou Dudu para tentar usar a velocidade do atacante, que começou no banco.

O Palmeiras acabou perdendo força no meio, e logo em seguida Cuca sacou Erik e pôs Rafael Marques, para ficar mais no meio de campo.

O time paulista voltou a equilibrar a partida, controlando a mais bola e evitando que o Inter chegasse mais próximo da área.

Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir