Esportes

Palmeiras perde para o Atlético-PR e fica fora do G-4

No duelo que registrou o recorde de público no Allianz Parque em partidas do Campeonato Brasileiro, com 38.784 presentes, o Palmeiras foi derrotado pelo Atlético-PR por 1 a 0, em confronto válido pela 16ª rodada. O gol que deu a vitória ao Atlético foi marcado pelo atacante Walter, que pegou sobra de bola após cobrança de escanteio e bateu na saída de Fernando Prass, aos 30 minutos.

O Palmeiras, principalmente no primeiro tempo, levou perigo ao gol de Weverton, mas falhou nas poucas finalizações que conseguiu criar. Nem mesmo a entrada de Lucas Barrios na etapa complementar foi suficiente para o time alviverde conseguir furar a marcação atleticana.

A derrota encerra uma sequência de oito jogos invictos do Palmeiras e ainda tira o time da zona de classificação para a ‘Libertadores’, sendo ultrapassado justamente pelo Atlético-PR, ambos com 28 pontos, mas a equipe de Milton Mendes tem uma vitória a mais e assume a quarta colocação.

Na próxima rodada, os times voltam a campo no domingo. O Palmeiras viaja a Belo Horizonte para enfrentar o Cruzeiro, às 16h, no Mineirão, enquanto um pouco mais cedo, às 11h, o Atlético-PR recebe o Sport na Arena da Baixada.

Partida

O Palmeiras começou a partida controlando as ações e tocando a bola em busca de um espaço no sistema defensivo paranaense.

Mesmo com a maior posse de bola, o time comandado por Marcelo Oliveira só conseguiu chegar com perigo aos 8 min. Robinho desceu pela direita e cruzou na área, mas Leandro Pereira chegou atrasado e não conseguiu desviar para o gol.

O Atlético-PR respondeu com Crysan, que recebeu nas costas da zaga e bateu forte para ótima defesa de Fernando Prass, aos 9 min.

A equipe paranaense chegou novamente aos 15 min. Marcos Guilherme recebeu na intermediária e arriscou o chute. Fernando Prass caiu no canto direito e defendeu com segurança.

O Palmeiras, em chute de fora da área de Robinho, voltou a levar perigo ao gol de Weverton, mas o goleiro caiu no canto direito e espalmou para escanteio, aos 20 minutos.

O time palmeirense só voltou a chegar com perigo já nos descontos do primeiro tempo. Robinho cobrou falta da entrada da área, a bola desviou em Hernani e passou muito perto da trave direita de Weverton.

O Palmeiras voltou para a etapa complementar com Kelvin na vaga de Rafael Marques. E foi justamente o atacante quem criou a primeira chance de gol, aos 6 minutos. O camisa 29 recebeu na ponta direita, invadiu a área e finalizou no canto esquerdo. Weverton fez a defesa em dois tempos.

O Atlético-PR, com Walter no lugar de Crysan, passou a tentar chutes de fora da área, mas Fernando Prass conseguiu fazer as defesas com segurança. Aos 29 min, Otávio arriscou e o goleiro do Palmeiras espalmou para escanteio.

O gol paranaense saiu no minuto seguinte, após escanteio cobrado na área a bola sobrou para Walter, que bateu na saída de Fernando Prass.

Os minutos finais a partida ficou muito travada no meio-campo, sem grandes oportunidades de gol para as equipes.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir