Esportes

Palmeiras é multado por confusão com dirigentes do Flamengo

Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou caso que envolve Flamengo e Palmeiras - foto: Daniela Lameira/STJD

Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou caso que envolve Flamengo e Palmeiras – foto: Daniela Lameira/STJD

O Palmeiras foi punido com multa de R$ 50 mil por conta do episódio em que torcedores do clube paulista atiraram objetos no camarote onde dirigentes do Flamengo assistiram à partida entre as equipes no Allianz Parque pelo Campeonato Brasileiro.

A decisão é da Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o clube por conta da confusão dentro de um dos camarotes do Allianz Parque na partida do Flamengo contra o Palmeiras no dia 14 de setembro.. Na ocasião, torcedores ainda tentaram invadir o local e os dirigentes do clube carioca quase foram agredidos.

Além da multa ao Palmeiras, na sessão realizada na manhã desta segunda (3), a comissão decidiu por absolver Márcio Araújo. O jogador do Flamengo levou dois cartões amarelos no jogo, um aos 40min do segundo tempo, e acabou expulso.

A relatora do processo, Michelle Ramalho, chegou a pedir perda de mando de campo do Palmeiras por conta do episódio, mas foi voto vencido. ‘Ficou nítida a impressão dos torcedores em causar tumulto e arremessar objetos nos dirigentes. O clube poderia ter tomado medidas para que os diretores assistissem à partida longe da torcida. Aplico a perda de um mando de campo e multa de 10 mil’, disse.

O site oficial do STJD relatou que ‘a Procuradoria teve acesso a matérias e imagens que mostram a ação de torcedores da equipe mandante que hostilizaram dirigentes do Flamengo ao longo da partida. Localizados em um camarote próximo a torcida do Palmeiras, integrantes arremessaram diversos objetos, sendo identificados isqueiros, pedras de gelo e até sapatos masculinos. Depois do apito final, houve um início de tentativa de invasão do setor reservado’.

A confusão com dirigentes se deu porque momento do gol do Flamengo, alguns dirigentes do Flamengo que estava assistindo ao jogo em um dos camarotes comemoraram. Depois do gol de empate do Palmeiras, alguns objetos foram arremessados no local contra os dirigentes.

Na época, o vice-presidente de comunicação do Flamengo, Antonio Tabet, disse que houve uma comemoração comedida no momento do gol de Alan Patrick, mas sem desrespeito aos palmeirenses. Quando o Palmeiras empatou, Tabet e outros dirigentes flamenguistas relataram arremesso de objetos no local.

No jogo em questão, as torcidas organizadas do Palmeiras e todos os flamenguistas estavam proibidos de comprar ingressos como punição imposta pelo STJD à briga entre torcedores dos times em Brasília, no primeiro turno do Brasileiro. Porém, os dirigentes alegam que a Mancha Verde se agrupou próxima ao camarote flamenguista.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir