Sem categoria

Palmeiras é goleado e fica fora do G4

Chapecoense ganhou partida de 5 a 1, contra o Palmeiras - Foto: Divulgação

Chapecoense ganhou partida de 5 a 1, contra o Palmeiras – Foto: Divulgação

Com arbitragem muito confusa de Jailson Macedo Freitas, o Palmeiras foi goleado por 5 a 1 na noite deste domingo (4), em Chapecó, pelo encerramento da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a derrota, o time palmeirense foi ultrapassado na tabela por Santos e São Paulo ao continuar com os mesmos 45 pontos, caindo para a sexta colocação e fora do G4, o grupo da Libertadores. Já a Chapecoense conseguiu a sua primeira vitória no returno da competição e saiu da zona do rebaixamento ao somar 34.

O Palmeiras teve mais posse de bola durante boa parte de jogo, mas cometeu muitos erros na troca de passes. Com isso, ofereceu inúmeros contra-ataques para o time da casa, principalmente no primeiro tempo.

A Chapecoense apostou em uma postura mais defensiva para jogar apenas nos erros da equipe paulista. Assim, conseguiu abrir 2 a 0 antes dos 30 minutos de jogo.

Aos 4 min, após cobrança de escanteio, o zagueiro Neto ganhou no alto da defesa do Palmeiras e, de cabeça, mandou a bola no canto de Fernando Prass. Já aos 22min, após boa jogada de Willian Barbio, Túlio de Melo ajeitou a bola para Camilo, que chutou cruzado e ampliou para os mandantes.

O cenário do Palmeiras só não ficou ainda pior porque o árbitro desfez um erro. Aos 15 min, Egídio deu um carrinho na bola para evitar contra-ataque adversário, mas Freitas viu falta no lance e expulsou o lateral. Após muita confusão e reclamação dos palmeirenses, o juiz voltou atrás na decisão e mandou Egídio, que já estava nos vestiários, voltar para a partida.

O técnico Marcelo Oliveira tentou mudar o panorama do duelo com a entrada de João Pedro no lugar de Amaral, passando o lateral direito Lucas a atuar como volante. Mas, o terceiro gol da Chapecoense logo aos 9 min acabou com qualquer reação dos visitantes.

Após cobrança de escanteio, Túlio de Melo subiu mais alto do que a zaga do Palmeiras e, de cabeça, fez 3 a 0. Novamente, houve confusão da arbitragem no lance. O árbitro chegou a anular o gol da Chapecoense por causa do auxiliar, mas depois validou o lance.

Nem o gol de Dudu minutos depois animou o Palmeiras na partida. Aos 20 min, o lateral Apodi pegou rebote de Fernando Prass e aumentou o placar. No fim, Ananias selou a goleada.

CHAPECOENSE

Danilo; Apodi, Neto (Rafael Lima), Thiego e Dener; Bruno Silva, Cleber Santana e Camilo; Wiliam Barbio (Neném), Maranhão (Ananias) e Túlio de Melo

T.: Guto Ferreira

PALMEIRAS

Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral (João Pedro), Arouca (Andrei Girotto) e Rafael Marques (Allione); Dudu, Gabriel Jesus e Lucas Barrios

T.: Marcelo Oliveira

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)

Gols: Neto, aos 5, e Camilo, aos 22 min do 1º tempo; Túlio de Melo, aos 9, Dudu, aos 13, Apodi, aos 20, Ananias, aos 41 min do 2º tempo

Cartões amarelos: Andrei Girotto, Egídio, Fernando Prass e Jackson (P)

Público: 16.474

Renda: R$ 323.565,00

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir