Dia a dia

Ossada no ramal do Pau Rosa pode ser de idoso desaparecido desde 2013; material passará por exame de DNA

A ossada passará por exames de DNA no Instituto Médico Legal (IML) - foto: Arthur Castro

A ossada passará por exames de DNA no Instituto Médico Legal (IML) – foto: Arthur Castro

Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) encontraram no final da tarde desta segunda-feira (21) uma ossada humana que, provavelmente, pertence ao idoso João Nogueira da Rocha,74, desaparecido desde setembro de 2013.

A ossada foi encontrada em uma área de mata, no ramal da Usina, localizado dentro do ramal do Pau Rosa, no quilômetro 21 da BR-174 (Manaus – Boa Vista).

Os suspeitos de assassinar a vítima são os irmãos Beneson Fernandes dos Santos, o ‘Lion’, 24, e Brendo Fernandes Miranda, o ‘Brian’, 20, presos na última quarta-feira (16), pelo homicídio praticado contra Vanderson da Silva Bezerra, 24, ocorrido no dia 15 de janeiro deste ano.

De acordo com o titular da DEHS, delegado Ivo Martins, após apresentação dos presos durante coletiva de imprensa realizada na seda da especializada, na semana passada, familiares do idoso, identificaram os suspeitos através das imagens que foram veiculadas nos meios de comunicação e entraram em contato com os investigadores da delegacia.

“Após os familiares verem imagens da dupla nos meios de comunicação, eles entram em contato com a nossa equipe e informaram que desconfiavam que os irmãos eram os responsáveis pela morte do idoso. Iniciamos uma nova investigação e, durante depoimento, a dupla acabou confessando a autoria do crime”, disse o Ivo Martins.

Conforme o delegado, a dupla indicou o local onde enterraram o corpo do idoso.

“Fomos ao local informado pela dupla e após várias buscas encontramos os restos mortais. É claro que a ossada passará por exame de DNA, por uma questão de procedimento, mas tudo indica que realmente pertence ao seu João Nogueira. Eles falaram que mataram a vítima com um tiro de espingarda”, concluiu o delegado.

Segundo as investigações, a dupla já tem várias pesagens pela polícia, por vários crimes, entre eles uma tentativa de homicídios contra um policial militar.

A dupla foi autuada pelo crime de homicídio e ocultação de cadáver. Eles serão levados para uma das unidades prisionais da capital, onde ficarão à disposição da justiça.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir