Cultura

‘Oscar dos quadrinhos’, Troféu HQMix é criticado por propaganda machista

A entrega dos troféus acontecerá no próximo dia 12, no teatro do Sesc Pompeia- foto: divulgação

A entrega dos troféus acontecerá no próximo dia 12, no teatro do Sesc Pompeia- foto: divulgação

Chargistas e quadrinistas brasileiros se mobilizam desde a última quinta-feira (3) contra uma publicação infeliz do Troféu HQMix, prêmio tido como o Oscar brasileiro do setor.

Em sua página no Facebook, a premiação promoveu o evento com uma foto da modelo Renata Molinaro, em pose sugestiva, de costas e de biquíni. A bomba que serve de logo à premiação acompanhava a imagem junto ao slogan ‘Venha Bombar’. A campanha ficou no ar das 10h às 14h30, quando foi removida.
Ana Costa, sócia da loja paulistana Gibiteria, questionou sua motivação.

“Vocês realmente acham de bom tom, em um ano em que há tanta movimentação feminista dentro do universo dos quadrinhos brasileiros e com tantas reivindicações sendo feitas pelas mulheres do nosso meio, fazer uma “peça” objetificando o corpo feminino desta forma?”, escreveu na mesma rede social, salientando a falta de relação entre a imagem e o universo das artes gráficas e das HQs.

O grupo Mulheres em Quadrinhos, dedicado a discutir a problemática de gênero no setor, emitiu uma declaração de repúdio à iniciativa, assinada por 35 profissionais do meio, entre eles as quadrinistas Lovelove6, do “Garota Siririca”, e Sirlanney, do “Magra de Ruim”.

“Os quadrinhos são um produto da cultura de massa e reproduzem discursos, sentidos, representações e valores da nossa sociedade. Há alguns anos, mulheres e pessoas diversas envolvidas na produção e consumo de histórias em quadrinhos lutam por mais espaço e representatividade. É inadmissível que um prêmio, que se propõe tão importante para o reconhecimento e valorização das HQs brasileiras, produza uma campanha desrespeitosa como essa, inviabilizando e ridicularizando a articulação das mulheres quadrinizas e outras agentes.”

O Mulheres nos Quadrinhos também chamou a atenção para a tímida presença feminina entre os indicados ao Troféu HQMix 2015, de apenas 13%. O prêmio também é criticado por ignorar iniciativas de inclusão, como o 1º Encontro Lady´s Comics e DesEnquadradas, a Zine XXX e o próprio projeto Mulheres em Quadrinhos.

A entrega dos troféus acontecerá no próximo dia 12, no teatro do Sesc Pompeia, com apresentação de Serginho Groisman.

Em resposta publicada em sua página no Facebook, Jal José Alberto Lovetro, organizador do Troféu HQMix, relembrou iniciativas passadas em que promoveu artistas mulheres, como a pioneira Nair de Teffé e Conceição Cahú.

“Fomos chamados de ‘machistas’ por uma postagem de campanha humorística sobre o próximo troféu HQMIX. Essa postagem foi mal interpretada por várias pessoas. Estamos sendo bombardeados como se não houvesse um passado, como se bastasse qualquer fato para que tudo o que foi feito por uma vida fosse esquecido. Se houve quem se sentisse desrespeitado, posso garantir que não foi nossa intenção.”

Também no Facebook, a Associação dos Cartunistas do Brasil, que promove o evento, afirmou que a intenção dos organizadores não foi deflagrar uma campanha sexista. “Tem muita gente que promove o preconceito neste Brasil. [O deputado] Marco Feliciano promove, [O presidente da Câmara] Eduardo Cunha também. Vamos apontar as armas pra quem merece.”

Procurado, o Sesc Pompeia não comentou o assunto, mas informou que vai analisar o caso.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir