Cultura

Orquestras do Amazonas participam da programação do 22° Festival Brasileiro de Trombonistas

Orquestras participarão de evento alusivo aos 120 anos do teatro Amazonas - foto: divulgação

Orquestras participarão de evento alusivo aos 120 anos do teatro Amazonas – foto: divulgação

Amazonas Band e Amazonas Filarmônica orquestrarão no 22º Festival Brasileiro de Trombonistas, que será alusivo aos 120 anos do Teatro Amazonas, no local a entrada será franca. Durante as noites de quarta-feira (21), quinta-feira (22) e sexta-feira (23) os amantes da sinfônica terão uma opção na cidade. Neste ano, o evento é realizado pela Escola Superior de Artes e Turismo (Esat) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), com apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Na quarta-feira (21), a Amazonas Band, sob a regência do maestro Rui Carvalho, participa do Festival com um belíssimo concerto, onde serão apresentadas peças como ‘Deixa’, de Baden Powell e Vinicius de Morais, com arranjos de Vitor Santos, e ‘Latin Import’, de John Fedchock.

Já na quinta-feira (22), será a vez da Amazonas Filarmônica abrilhantar o evento. O concerto, que também integrará a Série Guaraná XIII, trará peças como o ‘Concertino’ para Trombone e Orquestra em ‘Mi Bemol Maior’, de Ferdinand David, ‘La Virgen de Macarena’, de Bernardino Bautista Monterde, e o ‘Concerto para Trombone e Orquestra’, de Henri Tomasi, sob a regência de Otávio Simões.

O secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, ressaltou que é uma satisfação receber um evento tão importante em um dos principais cartões-postais da cidade. “Ao longo dos seus 120 anos de existência, o Teatro Amazonas recebeu celebridades nacionais e internacionais, além de eventos de grande porte, onde pudemos demonstrar nossa capacidade para sediá-los. Será uma grata satisfação, para nós, receber os eventos do Festival, onde mostraremos todo o esplendor da nossa cultura”, disse.

Para o maestro Rui Carvalho, o espetáculo será uma oportunidade de expandir o campo de estudo da música em âmbito universitário e criará uma sinergia importante para aprendizes e profissionais da música em Manaus. “Essa união, que poderá ser vista no palco, de um modo geral será bastante positiva para o desenvolvimento cultural do estado. Ficamos felizes em participar de mais um destacado festival em nossa região”, completou.

Com informações de assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir