Dia a dia

Órgãos de segurança realizam exercício simulado para passagem da Tocha Olímpica neste sábado

Essência do revezamento é passar a chama de um condutor para outro, envolvendo todo o país no clima dos Jogos – foto: divulgação

O objetivo do teste é validar os protocolos de segurança em casos de incidentes durante a passagem da tocha, planejados e focados para que o evento transcorra sem interrupções – foto: divulgação

Órgãos de segurança estaduais, federais e municipais, realizam o 1º Exercício Simulado para a passagem da Tocha Olímpica em Manaus na manhã deste sábado (11). O objetivo  do teste é  validar os protocolos de segurança em casos de incidentes durante a passagem da tocha, planejados e focados para que o evento transcorra sem interrupções.

O simulado consistirá em uma simulação de acidente de trânsito com vítima fatal e diversos feridos, em um dos trajetos que a tocha irá percorrer na capital.

De acordo com o secretário-executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada, Coronel Dan Câmara, o simulado tem o objetivo de aprimorar as táticas e técnicas dos órgãos envolvidos no esquema de segurança.

“Após definirmos todo o plano da operação ‘Revezamento da Tocha’, nós vamos agora testa-lo na prática. Vamos simular um acidente para que possamos testar nossa capacidade de solução, viabilizando o deslocamento da tocha em tempo oportuno, sem comprometer horário ou qualquer agenda que esteja prevista. Daqui pra frente nós vamos desenvolver diversos exercícios simulados com as várias lideranças que estão envolvidas no esquema de segurança desses eventos olímpicos, para que possamos estar bem alinhados e integrados”, explicou.

Segundo secretário-executivo de Planejamento e Gestão Integrada, coronel Dan Câmara, o exercício está sob a liderança do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM) em uma situação típica de sua atividade-fim. E visa a pronta-resposta em caso de qualquer incidente no momento da condução da tocha.

Ainda de acordo com o Coronel Dan Câmara, o sistema de monitoramento que funciona no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) possibilita o acompanhamento em tempo real do percurso da tocha. “Foi montada toda uma base de monitoramento do roteiro da tocha, com câmeras, definições de locais vulneráveis, de maior interesse e onde vão ocorrer as trocas de condutores. Por meio desse sistema poderemos acompanhar em tempo real qualquer ocorrência que poderá vir a acontecer, agilizando assim o acionamento dos órgãos de segurança”.

O comandante de Bombeiro da capital, Tenente Coronel Mauro Freire, que está coordenando a operação ‘Olímpiada’ pelo CBM-AM, ressalta que todo o efetivo de pronto-atendimento participa do simulado. “Nosso objetivo é que possamos dar uma resposta positiva ao acionamento feito pelo CICC, por isso, estamos treinando nosso efetivo para agir diante de qualquer acidente ou incidente que aconteça durante os eventos”, concluiu.

Trânsito

Entre 10h e 11h da manhã do sábado, os ônibus que trafegarem pela Torquato Tapajós, no sentido bairro/Centro, terão o itinerário alterado em função da interdição de trecho dessa via para a realização do treinamento.

Durante a interdição, agentes do Manaustrans farão o desvio das linhas de ônibus para a avenida Paulo Jacob (via de acesso ao conjunto Hileia), que em seguida retornarão para a avenida Torquato Tapajós, por meio da avenida Santos Dumont (entrada do conjunto Santos Dumont).

 Integração

Além dos órgãos de Segurança do Estado, também participam da operação: Liga Amazonense do Trauma da Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e órgãos municipais como Manaustrans, Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), entre outros.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir