Dia a dia

Órgãos ambientais iniciam operação para combater focos de incêndio no Amazonas

Cerca de 14 focos de incêndios antingem a região para onde a equipe será enviada - Tadeu de Zouza

Cerca de 14 focos de incêndios antingem a região para onde a equipe será enviada – Tadeu de Souza

Devido a vários focos de incêndio que estão atingindo a reserva do rio Unini, comunidade do Patauá, Vista Alegre no município de Novo Aripuanã e no Parque Nacional de Anavilhanas, e para conter as chamas, uma ação conjunta entre os órgãos de defesa do meio ambiente terá início nesta segunda-feira (1º).

A ação que será coordenada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) terá apoio da defesa Civil Estadual, Secretária Estadual de Meio Ambiente, Defesa Civil de Novo Airão e Corpo de Bombeiros. Cerca de 14 focos de incêndios antingem a região para onde a equipe será enviada.

Ao total serão 20 homens do Corpo de Bombeiros, 50 brigadistas voluntários de Novo Airão, além dos agentes ambientais do ICMBio.

Só neste mês de janeiro, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 598 focos de incêndio, superando os 35 que foram registrados no ano de 2015 no mesmo período.

Conforme os dados do Inpe, o município de Barcelos é o que mais apresentou chamados neste mês, com 237 registros, o segundo foi Presidente Figueiredo com 52, em São Gabriel da Cachoeira foram 44, Santa Isabel do Rio Negro, 26 e Urucurituba forma 20.

De acordo com o tenente Janderson Lopes, do Corpo de Bombeiros, a ausência de chuvas, ajuda aumentar os registros, pois deixa a vegetação mais propicia para a queima.

O tenente Janderson ainda informou que uma equipe foi enviada na manhã deste domingo (31), para conter uns focos de incêndio no município de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir