Dia a dia

Operação ‘Saque-Seguro’ tenta diminuir crimes nas portas de agências bancárias

Não se deve usar bolsas, cordões de ouro, celulares e relógios que manifestem interesse aos criminosos  - foto: Josemar Antunes

Não se deve usar bolsas, cordões de ouro, celulares e relógios que manifestem interesse aos criminosos – foto: Josemar Antunes

Após inúmeros assaltos nas agências bancárias e casas lotéricas conhecidas como “saidinha de banco”, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por intermédio da Secretaria Executiva-Adjunta de Operações (Seaop) reforçou na manhã desta segunda-feira (19) a operação “Saque-Seguro” para coibir a prática do crime. Durante a ação, os agentes estiveram na agência do Bradesco, localizado na avenida Noel Nutels, Cidade Nova, Zona Norte. 

O reforço do policiamento ainda conta com apoio de policiais civis dos Departamentos de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) da Polícia Civil, além do apoio dos Distritos Integrados de Polícia (DIPs) das áreas.

A ação foi coordenada pelo secretário da Seaop, Orlando Amaral que destacou que o índice de assaltos entre janeiro e setembro deste ano, em que foram registrados 204 casos é alto, mas avaliou que nem todos os casos se caracterizam como “saidinha de banco”. “Cada caso precisa ser avaliado para comprovar se realmente tem origem “saidinho de banco”, de qualquer forma estaremos na rua para combater este tipo de crime e dar mais segurança à população”, disse.

O secretário adiantou que a larga experiência à frente de outro departamento de polícia fomentará seu trabalho, com o apoio de outros órgãos que compõem a SSP-AM. “Nós temos conhecimento nesse tipo de espécie de crime, sabemos como acontece, das pessoas suspeitas no entorno das agências e com a construção deste trabalho vamos continuar não só nas agências bancárias, como também nas loterias para proporcionar as pessoas uma melhor segurança”, destacou.

A operação que teve início na semana passada e continua até 31 de dezembro, período em que a maioria das pessoas recebem e movimentam valores em dinheiro em número maior decorrentes de pagamentos de 13º salário, entre outros benefícios trabalhistas. Para o instrutor Djairo Rodrigues Guedes, 34, a presença da polícia nas agências bancárias inibe o crime e o cliente se sente mais protegido.

“Mantendo a polícia no local o cliente bancário se sente mais seguro. Eu nunca sofri assalto após sair do banco, mas tenho amigos que passaram por isso e sei que é constrangedor”, disse.

Outro que aderiu de forma positiva a ação da SSP-AM foi o vigilante Luiz Carlos Sarmento, 37. Segundo ele, a segurança com reforço e a presença policial inibem a ação dos criminosos. “Sempre que uma pessoa vem ao banco se sente insegura após sacar o seu dinheiro. A gente nunca sabe o que nos espera do lado de fora e se tivermos esta segurança com certeza teremos uma tranquilidade a mais”, destacou.

Abordagem

Como um número maior de ocorrências registradas, os principais alvos são pessoas suspeitas conduzindo motocicletas nas proximidades das agências bancárias e casas lotéricas, mas veículos também serão abordados durante as fiscalizações. Toda a área bancária será monitorada no período da manhã e da tarde. Ao todo 25 servidores da Seaop farão os trabalhos de abordagem com apoio da Polícia Civil.

Resultados

Na última operação realizada na sexta-feira (16), a Seaop capturou duas pessoas após elas roubarem a bolsa de uma mulher e recapturaram um foragido da Justiça por envolvimento em homicídio.

Orientação

Orlando Amaral orienta que qualquer que seja o valor a ser sacado e em qualquer que seja a zona da cidade é preciso ter cuidado. Não se deve usar bolsas, cordões de ouro, celulares e relógios que manifestem interesse aos criminosos. Para movimentações de grandes vultos, Amaral orienta que sejam sutilizadas as transações via internet e quando houver necessidade de saque é preciso ter atenção redobrada.

Por Josemar Antunes

 

1 Comment

1 Comment

  1. Davi

    19 de outubro de 2015 at 22:13

    Dr Orlando ,um excelente profissional..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir