Dia a dia

Operação ‘Proximidade’ prende 84 pessoas e evita mais de 300 ocorrências durante fim de semana

Os registros apontaram uma queda de 300 casos nos índices de crimes durante os três dias - foto: divulgação/SSP-AM

Os registros apontaram uma queda de 300 casos nos índices de crimes durante os três dias – foto: divulgação/SSP-AM

A operação “Proximidade” resultou na prisão em flagrante de 84 pessoas, na apreensão de nove armas de fogo e a recuperação de 12 veículos roubados, durante os dias 22,23 e 24 no último fim de semana. O balanço geral das ações foi divulgado nesta segunda-feira (25) pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Ações de prevenção no trânsito também foram feitas.

Os registros apontaram uma queda de 300 casos nos índices de crimes durante os três dias em que as atividades de reforçaram o policiamento ostensivo e a fiscalização de trânsito nas áreas consideradas de exposição de risco.

Segundo a SSP-AM, 84 pessoas foram presas em flagrante e por cumprimento de mandados de prisão pelos crimes de roubo, furto, lesão corporal, homicídio e violência doméstica. Foram também realizadas quase 20 mil abordagens, apreendidas nove armas de fogo e recuperados 12 veículos roubados.

No período de três dias de operação, os homicídios reduziram 34% (oito até a meia noite, contra 12 no mesmo período do ano passado) e os registros de crimes no geral (latrocínio, lesão corporal, violência doméstica, furto e roubo) caíram 24%, resultando na redução geral de 300 ocorrências, comparado ao mesmo período do ano passado.

A Operação Proximidade manteve por 24 horas o reforço de 1.200 policiais Civis, Militares, e policiais lotados nos órgãos do Sistema de Segurança Pública, que deixaram o serviço administrativo para atuar nas ruas até a madrugada desta segunda.

O secretário de segurança, Sérgio Fontes, avaliou como positiva a atuação dos órgãos. “Algo muito positivo da operação, além da redução desses índices, foi o sistema de segurança mais próximo da sociedade. O cidadão que precisa circular nas áreas de exposição de risco nos horários considerados mais perigosos viu que os órgãos de segurança estavam presentes. E nós vamos continuar com este reforço”, ressaltou.

Diferente de períodos anteriores, os homicídios registrados não ficaram concentrados nas zonas Norte e Leste e destacou alguns crimes por motivo fútil.  “Um dos homicídios foi o cunhado que matou o marido da irmã numa briga após o consumo de bebida alcoólica e outro caso por causa de um copo deixado em cima de um carro, ou seja, duas mortes por motivos banais”, afirmou Sergio Fontes.

Houve uma redução em quase 50% dos assaltos a ônibus desde janeiro, se comparado ao mesmo período do ano passado. Somente a Polícia Militar prendeu cinco envolvidos em assaltos durante a operação e recolheu 11 facas e até uma escopeta que estavam em posse de passageiros suspeitos.

 Trânsito

Durante os três dias de operação, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), apreendeu 83 motocicletas e 27 carros, registrou 130 autos de infrações, 16 casos de descumprimento da Lei Seca, e apreendeu uma moto com restrição de roubo recuperada, além de 37 CRLVs e 10 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) recolhidas por diversas irregularidades.

 Polícia Militar

A Polícia Militar do Amazonas, que atuou, além do policiamento convencional com reforço na madrugada, realizou a abordagem a 9.202 veículos em geral e fiscalizou 268 bares e similares. Durante as abordagens aos ônibus coletivos, os policiais apreenderam 11 armas brancas (facas), encontradas com passageiros durante as revistas, sendo cinco suspeitos presos nessas ocorrências, além da apreensão de oito armas de fogo, dentre elas um fuzil calibre 762, utilizado no roubo de uma motocicleta recuperada no bairro Cidade de Deus, zona Norte. A PM também registrou 18 flagrantes relacionados ao tráfico de drogas e apresentou no total 52 ocorrências aos Distritos Integrados de Polícia (DIPs).

O comandante da PM, James Frota, que comandou as ações no final de semana, destacou o empenho de todos os policiais na missão de reforçar o policiamento e reduzir a violência. “O combate ao crime é uma grande batalha diária para toda a tropa que está demonstrando cada vez mais empenho nessa missão de garantir uma cidade mais tranquila para todos nós”, disse o comandante.

 Polícia Civil

A Polícia Civil do Amazonas cumpriu 10 mandados de prisão, nos três dias da operação, sendo quatro por homicídio, três por roubo, e crimes de latrocínio, violência doméstica e tráfico de drogas. Mais de 50 barreiras fixas e itinerantes foram montadas pelas equipes nas principais vias e ruas em três bairros da zona Norte (Novo Israel, Monte das Oliveiras e Colônia Terra Nova) consideradas áreas de exposição de risco.  O delegado-geral-adjunto da PC, Petrônio Carvalho, parabenizou os policiais que atuaram na operação. “A Polícia Civil é a polícia judiciária, mas nessa operação fomos para as ruas atuar juntamente com a PM e Secretaria de Segurança”, disse.

 Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros do Amazonas interditou quatro bares, na zona Norte, que não estavam de acordo com as normas de segurança de prevenção e combate a incêndio.

 Monitoramento em tempo real

Todas as ações foram acompanhadas em tempo real do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que realizou o monitoramento on-line de todas as áreas da cidade. Segundo o secretário executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada, Dan Câmara, a interação entre o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-R) e o Centro Integrado de Comando e Controle (Ciops) permitiu que se propiciasse uma ação de pronta resposta as ocorrências, conforme a necessidade.

“Nós fizemos o remanejamento das câmeras para poder acionar aquelas que são mais necessárias pra gente. No caso da operação, nos três bairros trabalhamos com as câmeras nas saídas da cidade. Entendemos que, como a ação ocorreu na zona Norte, poderia haver alguma tentativa de evasão de meliantes para outros locais e até municípios”, explica Dan Câmara.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir