Dia a dia

Operação de combate a crimes na fronteira apreende drogas eno interior do Amazonas

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) deu início na noite desta terça-feira (4), a Operação Brasil Integrado, uma ação realizada de forma simultânea nos municípios de Boca do Acre, Lábrea, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Humaitá e Tefé, que estão recebendo ações de combate aos crimes típicos das regiões fronteiriças como contrabando e descaminho de mercadorias, além do tráfico de drogas.

A operação dura até sexta-feira (7), com barreiras terrestres e fluviais montadas para vistorias de ações integradas de todos os órgãos municipais envolvidos na ação. O Amazonas aderiu oficialmente ao Plano Estratégico de Fronteiras em 2011, no âmbito do Ministério da Justiça. Desde então, o Estado vem desenvolvendo atividades diversas, previstas no plano, para o enfrentamento à criminalidade no Amazonas, com base em ações integradas dos órgãos envolvidos, garantindo a presença permanente das instituições de segurança e fiscalização na região de fronteira e divisas.

A operação está sendo coordenada do Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC) e reúne 21 órgãos das Esferas Federal, Estadual e Municipal, dentre eles: Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Departamento da Força Nacional de Segurança Pública, Polícia Civil (PC), Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Subcomando de Defesa Civil, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), e órgãos vinculados à SSP-AM.

Do início da operação, às 23h, de terça-feira (4), até às 15h desta quarta-feira (5), foram montadas 9 barreiras e bloqueios policiais. O balanço das primeiras horas da ação apresenta a recuperação de 26 veículos, a abordagem de 879 pessoas e 442 veículos. Quatro pessoas foram presas em flagrante, e foram apreendidas duas armas de fogo, duas armas brancas e 165 gramas de maconha.

O secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, destaca a importância de ações como essa no Amazonas, por conta da quantidade de crimes que acontecem nestes municípios, por fazerem parte da região de fronteira. “A ação nos sete municípios escolhidos tem um foco diferenciado, pois são regiões que enfrentam problemas com contrabando de mercadorias, e o principal, que é o tráfico de drogas. A operação tem como objetivo mostrar a presença das forças policiais e órgãos na fiscalização e atuação da segurança dos municípios”.

As informações das equipes de trabalho nos sete municípios está sendo compartilhada de forma integrada para garantir o sucesso da operação, segundo o secretário executivo adjunto de Planejamento e Gestão Integrada, Dan Câmara. “Foi montado uma equipe que acompanha em tempo real todas as informações que chegam no Centro Integrado de Comando e Controle. Em cada município foram destacados policiais e servidores dos órgãos municipais para trabalharem na operação”, explica.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir