Mundo

ONU prevê a chegada de 700 mil migrantes à Europa este ano

conselho-onu

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur) prevê a chegada de 700 mil migrantes e refugiados à Europa, durante este ano, antevendo que o número de chegadas deve manter-se elevado em 2016.

“A resposta do Acnur é baseada na suposição de que até 700 mil pessoas procurarão segurança e proteção internacional na Europa em 2015”, indicou a agência da ONU, em relatório divulgado hoje (1º), no qual alertou para a necessidade de mais dinheiro.

O porta-voz do Acnur, Adrian Edwards, citado pela agência AFP, confirmou que estes números referem-se especificamente às pessoas que procuram refúgio na Europa através da rota do Mediterrâneo.

Neste novo apelo por dinheiro, a agência das Nações Unidas destacou o fato de que a nova previsão representa o dobro da anterior estimativa para este ano (350 mil chegadas).

Desde 1º de janeiro, foram registradas 520.957 chegadas, via Mediterrâneo, incluindo 387.520 na Grécia e 131.000 em Itália. Do total, 18% são crianças e 13% são mulheres.

No relatório, a agência da ONU defendeu uma resposta de urgência face ao atual afluxo de migrantes. Para a operação, o Acnur pediu financiamento suplementar de 70 milhões de euros. Este valor será associado ao primeiro apelo de fundos lançado no dia 8 de setembro. No total, o Acnur espera recolher 114 milhões de euros.

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir