Dia a dia

ONG denuncia abandono de animais, na Cachoeirinha

O caso ganhou repercussão através de uma denúncia feita em uma rede social - foto: reprodução

O caso ganhou repercussão através de uma denúncia feita em uma rede social – foto: reprodução

Dois cães vira-latas estão há cerca de 7 dias sem comida e sem água em uma residência na rua Parintins, no bairro Cachoeirinha, Zona Sul, de acordo com uma ONG de proteção aos direitos do animais. Segundo a denúncia, o suposto dono dos animais tem se recusado a alimentar e dar água cães, que estão presos na casa.

O caso ganhou repercussão através de uma denúncia feita em uma rede social. A ONG, que afirma que já buscou oferecer denúncias juntos aos órgãos responsáveis, mas até agora nada foi feito para o resgate dos cães. Vários internautas e associação de proteção aos animais tem compartilhado a publicação com intuito de tirar os animais da residência. A ONG de Proteção e Adoção e Tratamento de Animal (Pata), diz que já tomou conhecimento do caso, e que aguarda voluntários que ajudem na adoção de um local até que os animais possam ganhar um novo lar.

“O problema todo é que precisamos de um lugar. Ainda não entramos em contato com o suposto dono porque não temos um abrigo certo para colocar os animais, só quando conseguirmos um voluntário é que deveremos tirá-lo do seu dono e tomar as medidas cabíveis”, explica Joana D´arc Cordeiro, presidente da Pata.

A internauta Paula Costa reclama do maus tratos aos animais. “Junte um grupo e chame a Polícia Ambiental para fazer uma intervenção nesta casa. Tirem os cachorros de lá urgente, levem para algum lugar e lhes de comida e água, nem que seja em um local improvisado. Hoje, a urgência é tira-los de lá e depois pensam no lar temporário”, comenta.

Na publicação, a ONG afirma que o dono que não quer ter o trabalho de oferecer comida para os cães, que só estão sobrevivendo por conta da ajuda de uma vizinha que joga marmita sempre que pode. “Era preferível que vivessem na rua pois saberiam ao menos rasgar uma sacola a procura de algo para comer, mas vivem presos e com fome. O dono que está com eles disse que se quiserem podem até joga-los no lixo”, disse um dos comentários.

Proteção aos animais

Conforme Joana Darc, a Pata existe há seis anos no resgate contra os maus tratos de animais em Manaus, mas a associação não possui abrigo e os bichanos geralmente ficam nas casas dos próprios voluntários, tornando o trabalho dos participantes da organização muito difícil. “A demanda é muito grande, a maioria das pessoas não tem consciência, um animal é muito gasto. As pessoas dizem que vai ajudar, mas não ajudam, então optamos pela castração como forma de controle”, desabafa.

Joana Darc, que também é advogada, diz que verificada a situação de abandono e maus tratos aos animais, é feita uma denúncia junto a Delegacia do Meio Ambiente, seguindo para o Judiciário, mas a maioria dos casos não existe a possibilidade de prisão dos responsáveis, apenas uma punição social.

A Pata afirma que as pessoas que tiverem interesse em ajudar na causa dos dois cães abandonados entrar em contato pelo e-mail patamanaus@gmail.com.

 

2 Comments

2 Comments

  1. Pingback: ONG denuncia abandono de animais, na Cachoeirinha, em Manaus, AM | Olhar Animal

  2. Marisa Oliveira

    11 de maio de 2016 at 12:13

    Independente de lar temporário, tirem os cães deste inferno. Dêem comida e água e depois, que fiquem soltos na rua mesmo. Melhor do que passar fome e sede com este demônio. MEXAM-SE, povo de Manaus!!!! Vergonha por ninguém tomar uma atitude humana!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir