Mundo

Obama apela para resolução pacífica de disputas no Mar do Sul da China

Durante visita de três dias ao Vietnã, o presidente dos Estados Unidos (EUA), Barack Obama, apelou para a resolução pacifica das disputas territoriais referentes ao Mar do Sul da China.

“Os Estados são soberanos e, independentemente do seu tamanho, a soberania deve ser respeitada, o território deles não pode ser violado. Os países grandes não devem continuar atemorizando países menores. As disputas devem ser resolvidas de maneira pacífica”, declarou Obama, intervindo no Centro Nacional de Convenções em Hanói, capital do Vietnã.

O presidente estadunidense destacou que é preciso fortalecer as organizações regionais, tais como a Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean, na sigla inglesa) e a Cúpula do Leste Asiático (CLA).

A China, o Japão, o Vietnã e as Filipinas mantêm disputas sobre as fronteiras marítimas e respectivas zonas de responsabilidade no Mar do Sul da China e no Mar da China Oriental. Em 2013, as Filipinas, unilateralmente, contestaram no Tribunal Internacional  do Direito do Mar as reclamações da China sobre alguns territórios no Mar do Sul da China, mas Pequim rejeitou categoricamente a possibilidade de resolver tais disputas na arbitragem internacional. A China afirma que o Vietnã e as Filipinas usam o apoio dos EUA para escalar as tensões na região.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir