Mundo

Obama anuncia permanência de tropas no Afeganistão

O presidente norte-americano, Barack Obama, anunciou nesta quinta-feira (15) que os Estados Unidos vão prolongar a permanência de suas tropas no Afeganistão, mantendo 9.800 soldados no país em 2016 e 5.500 em 2017, já depois de terminar seu mandato. “As forças afegãs ainda não são tão fortes quanto deveriam”, afirmou Obama. Segundo o presidente, a situação de segurança no Afeganistão continua “muito frágil”.

Obama ressaltou que a presença militar norte-americana, de treino, aconselhamento e apoio às forças afegãs, “pode fazer verdadeira diferença” e que os Estados Unidos “não vão deixar que o Afeganistão seja um refúgio para terroristas”.

O presidente, que nas campanhas eleitorais de 2008 e 2012 prometeu pôr fim à guerra no Afeganistão, afimou hoje que rejeita a ideia de “uma guerra sem fim”, mas que atrasar a retirada americana “é o correto”.

No início de 2017, quando um novo presidente tomar posse nos Estados Unidos, deverão estar no Afeganistão cerca de 5.500 soldados norte-americano – o que estava planejado anteriormente era manter mil militares naquele país.

O recrudescimento dos ataques dos talibãs nos últimos meses tornou recorrentes as declarações de responsáveis, sobretudo militares norte-americanos, sublinhando a necessidade de reverter o atual plano de retirada.

Há duas semanas, os talibãs conseguiram a sua maior vitória militar desde a invasão norte-americana, em 2001, capturando a cidade estratégica de Kunduz, no Norte do país.

 

Por Agencia Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir