Esportes

O vereador Fabrício Lima é o novo secretário estadual da Sejel

Fabríco Lima, que já foi secretário municipal de Esportes, disse que o momento será de organização do trabalho - foto: divulgação

Fabrício Lima, que já foi secretário municipal de Esportes, disse que o momento será de organização do trabalho – foto: divulgação

O vereador Fabrício Lima (PTB) disse que assumirá, amanhã, a Secretaria de Estado, da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) no lugar do ex-secretário Antônio Ditzel, que foi exonerado do cargo no dia 2 deste mês.

Ele, após reunião com o governador José Melo (Pros), decidiu abrir mão da candidatura à reeleição para a Câmara Municipal de Manaus (CMM) para “fomentar o esporte na capital e interior do Estado”.

Fabríco Lima, que já foi secretário municipal de Esportes, disse que o momento será de organização do trabalho dos projetos desenvolvidos pela pasta.

“Vamos olhar para frente. Temos que agilizar as obras na Vila Olímpica e contribuir com o que já estava sendo feito”, disse.

Segundo ele, os programas sociais terão uma atenção especial em sua gestão, além do foco no esporte de alto rendimento. “Vamos implantar projetos de médio e longo prazo para colher bons frutos”, disse.

Segundo ele, entre os demais objetivos está o fomento as atividades esportivas no interior do Estado. “Vamos interferir na copa dos rios para que ela tenha os moldes da Copa dos Bairros. São esportes diferentes do futebol e quem sabe assim não descobrimos uma potência, mais talentos no Amazonas”, disse.

Mudança na CMM

Com a posse, Fabrício Lima deixa a Câmara Municipal de Manaus e quem deve assumir a vaga é o secretário extraordinário e ex-vereador Luiz Alberto Carijó (PTB) .

Carijó comanda a Secretaria Municipal Extraordinária (Semex) desde maio do ano passado e sua saída da pasta deve acarretar em uma alteração no
Executivo municipal.

De acordo com o presidente da CMM, Wilker Barreto (PHS), o prazo para que um vereador suplente seja empossado é de até 30 dias. “Vou consultar e analisar, perante a lei, se será o Carijó para comunica-lo a tomar posse”, disse.

Caso Carijó abra mão da vaga na CMM para continuar como secretário o próximo suplente da coligação é Lúcio Lins (PRTB), que foi o 74º colocado na última eleição para vereador, em 2012, segundo dados disponibilizados pela
Justiça Eleitoral.

O EM TEMPO tentou contato com Luiz Alberto Carijó e com o prefeito Arthur Neto (PSDB), mas até o fechamento desta edição não obteve sucesso.

Por Asafe Augusto

1 Comment

1 Comment

  1. BUCHEIRO

    23 de fevereiro de 2016 at 20:15

    Fabricio Lima se você não pedir orientação de EX-JOGADORES do FUTEBOOL,você es

    tar “MORTO” porque sinceramente não tem competência!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir