Tecnologia

Número de smartphones em uso no Brasil chega a 168 milhões, diz estudo

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/04/1761310-numero-de-smartphones-em-uso-no-brasil-chega-a-168-milhoes-diz-estudo.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado - foto: divulgação

O número de smartphones obteve alta de 9% no país, chegando a marca de 168 milhões de aparelhos – foto: divulgação

O número de aparelhos smartphones em uso no Brasil chegará a 168 milhões em maio, de acordo com dados da 27ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela FGV-SP (Fundação Getúlio Vargas de São Paulo) e divulgada na quinta-feira (14). Em relação a maio do ano passado, há uma alta 9%, quando o número ficou em 151,5 milhões.

Para Fernando Meirelles, professor da FGV-SP e responsável pelo estudo, o número vem crescendo graças a mudanças comportamentais.

“Quanto mais jovem a pessoa, mais ela está fazendo tudo no smart. Eu tenho vários alunos que, mesmo com o computador, por exemplo, eles observam o celular. Então é comportamental. O pessoal mais velho ainda faz questão de outros dispositivos, quanto mais menos questão de usar outros dispositivos”, afirma Meirelles.

A densidade será de 1,6 aparelho para cada habitante no país. Para efeito de comparação, há seis anos, o número era de um dispositivo para cada dois brasileiros.

Segundo a pesquisa, a projeção é que, até 2018, o número de smartphones chegue a 236 milhões, com densidade de quase 2 aparelhos por habitante.

O estudo mostra ainda que há mais smartphones que computadores no país (notebooks, tablets e desktops). O número de computadores ficará, em maio, em 160 milhões.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir