Esportes

Novo técnico do São Paulo, Osorio chora em despedida na Colômbia

Treinador disse que gostou de proposta do São Paulo - foto: reprodução

Treinador disse que gostou de proposta do São Paulo – foto: reprodução

Juan Carlos Osorio, 53, novo técnico do São Paulo, se despediu do Atlético Nacional, da Colômbia, nesta quinta-feira (28).

A torcida do clube compareceu em grande número e lotou um setor do estádio para saudar o treinador, que chegou a chorar em campo.

“Eu imaginava que isso seria difícil, mas nem tanto”, afirmou Osorio, que vai ocupar o cargo de Muricy Ramalho no São Paulo. A sua apresentação ainda não tem data definida.

Pelo Twitter, o Atlético Nacional não poupou elogios ao treinador, que comandava o time desde 2012 e firmou contrato com o São Paulo até o final de 2016.

“Não há palavras para descrever a nossa gratidão. Nós te levaremos para sempre em nossos corações”, escreveu o clube.

Osorio é considerado um revolucionário na Colômbia. Apesar de ser sul-americano, o treinador, formado nos Estados Unidos e ex-auxiliar técnico no Manchester City, implementou uma filosofia europeia nas equipes que comandou.

Nascido na Colômbia, em Santa Rosa de Cabal, a 300 km de Bogotá, teve a carreira como jogador abreviada devido a lesões. Após cinco anos como profissional, se aposentou nos anos 1980 e foi estudar educação física nos Estados Unidos.

Após atuar como preparador físico e auxiliar técnico em times americanos, conseguiu emprego como assistente de Kevin Keegan, treinador do Manchester City, em 2001.

Da Inglaterra trouxe o estilo de futebol dinâmico de suas equipes, sempre tentando chegar ao ataque em velocidade, com poucos passes.

Deixou a Europa em 2006 para assumir o Millonarios (COL), mas suas ideias não foram bem aceitas em seu primeiro trabalho como técnico.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir