Cultura

Novo livro de Harry Potter já lidera as vendas 5 meses antes do lançamento

A publicação está disponível para pré-venda, por US$ 29,99 (R$ 119) na Amazon e 10 libras (R$ 57) na rede britânica - foto - divulgação

A publicação está disponível para pré-venda, por US$ 29,99 (R$ 119) na Amazon e 10 libras (R$ 57) na rede britânica – foto – divulgação

Nove anos depois daquele que se acreditava ser o último livro de Harry Potter, o novo capítulo da saga do personagem atingiu o primeiro lugar em vendas cinco meses antes de seu lançamento.

“Harry Potter and the Cursed Child” (Harry Potter e o filho amaldiçoado, em tradução livre) será lançado em 31 de julho de 2016 e se baseia no roteiro da primeira obra teatral com o bruxinho protagonista, que estreia um dia antes.

O novo livro foi anunciado no site “Pottermore”, da autora J.K.Rowling, nesta quarta-feira (20), e, pouco mais de 24 horas depois, já aparece como o número um entre os mais vendidos da Amazon e da Waterstones, a principal cadeia de livrarias do Reino Unido.

A publicação está disponível para pré-venda, por US$ 29,99 (R$ 119) na Amazon e 10 libras (R$ 57) na rede britânica.

Assim como a montagem teatral, que tem Jack Thorne e John Tiffany como coautores, ao lado de Rowling, a versão impressa é dividida em duas partes, contidas em um mesmo volume.

A nova história se passa 19 anos depois dos acontecimentos do sétimo e último livro da saga, “As Relíquias da Morte”, lançado em 2007. O enredo envolve um Harry adulto e o mais novo de seus três filhos, Alvo.

Agora um funcionário sobrecarregado de trabalho no Ministério da Magia com três crianças em idade escolar, o bruxo “lida com um passado que se recusa a ficar no lugar ao qual pertence”, diz texto sobre a peça.

Enquanto isso, Alvo, assim chamado em homenagem ao antigo diretor de Hogwarts e mentor de Harry, Alvo Dumbledore, se esforça para lidar com o peso do legado da família.

Até hoje tudo ligado a Harry Potter se transformou em ouro. Os livros de Rowling já venderam mais de 450 milhões de cópias e foram traduzidos em 78 línguas, enquanto a franquia de filmes, em oito partes, com base nos livros, arrecadou mais de US$ 7 bilhões nas bilheterias do mundo todo.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir