Política

Novo fórum de Coari vai atender público de Codajás

Raimundo Magalhães fez parceria com Tribunal de Justiça do Estado para um novo fórum em Coari - foto: arquivo EM TEMPO

Raimundo Magalhães fez parceria com Tribunal de Justiça do Estado para um novo fórum em Coari – foto: arquivo EM TEMPO

O prefeito de Coari, Raimundo Magalhães (PRB) esteve na última quarta-feira (3) no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) para a assinatura do acordo de cooperação técnica, em que a prefeitura disponibiliza um prédio para funcionamento da sede do Fórum no município.

Para Magalhães, a parceria irá otimizar os serviços do órgão no município, visto que o antigo prédio estava com problemas estruturais, tais como infiltrações e rachaduras. “No novo prédio a população do município terá assistência jurídica por meio do atendimento da Defensoria Pública do Estado (DPE) e do Ministério Público Estadual (MPE)”, ressaltou o prefeito.

Além da assinatura do documento, a presidente do TJAM, desembargadora Graça Figueiredo anunciou ainda a divisão das 62 Comarcas do Estado, em 12 pólos, sendo que a Comarca de Coari atenderá a população do município de Codajás.

Mudanças na Câmara

Os desembargadores das Câmaras Reunidas do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), por unanimidade, decidiram acatar o agravo de instrumento impetrado pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Coari, vereador Iliseu Monteiro, “o Bat”, (PMDB). O agravo solicitava que a desembargadora Encarnação das Graças Salgado reformasse a decisão anterior. O agravo foi acolhido.

Em decisão anterior a desembargadora Encarnação havia concedido liminar aos vereadores Iranilson Medeiros (DEM) e Raimundo Nonato de Souza Coelho (Natinho – PMN). Ela havia anulado a eleição para a Mesa Diretora, realizada em novembro do ano passado. Na eleição, o vereador Iliseu Monteiro foi eleito com a totalidade de votos dos membros da casa legislativa, 15 vereadores.

Após a anulação da eleição, por meio de decisão liminar, o vereador Iran Medeiros, respaldado por outra liminar, desta vez concedida pelo desembargador Rafael Romano, realizou uma nova eleição no dia 18 de março, conseguindo assim, assumir a presidência da Câmara e, consequentemente, o cargo de prefeito em exercício de Coari. Com a posse de Raimundo Magalhães (PRB), Iran Medeiros deixou a prefeitura de Coari e com a decisão do dia 3, também deixou a presidência da Câmara de Coari.

A reportagem tentou ouvir  Iranilson Monteiro, mas as chamadas para a assessoria do parlamentar não foram atendidas

Colaborou Moara Cabral (equipe EM TEMPO)

Por Karine Pantoja (equipe Agora)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir