Política

Novatos mostram serviço em primeiro mandato na Aleam

A 18ª legislatura da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), que iniciou em fevereiro deste ano, conta com um total de 15 deputados reeleitos, seis novos parlamentares e três que já tiveram experiências passadas no parlamento e que retornaram à casa nas últimas eleições. Mas, são os novatos que, segundo um balanço no portal da transparência da Aleam, propuseram, ao todo, 19 projetos de lei e 110 outras proposições, entre requerimentos, indicativos e outros.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) – ex-prefeito de Manaus e que está no primeiro mandato – afirmou que a Assembleia, na atual legislatura, passou a ser palco e protagonista do futuro econômico do Amazonas (nas questões de emprego, sociais e no âmbito da administração pública). “Não apenas por minha ação, mas também por ela. Eu tenho toda uma experiência e dou minha contribuição assim como todos os 24 deputados, cada um a seu modo, cada um na sua área e a soma de todos fez o parlamento avançar bastante – com todo respeito às composições anteriores desta augusta Assembléia”, destacou.

O deputado, que apresentou dois PLs e seis requerimentos, ressaltou que “o Brasil sofre com esse negócio de que tem que fazer lei e no país existem mais de 400 mil. Mas, entendo que a confecção da lei é o ultimo recurso, precisamos de uma convivência que não precise disso, claro que uma das atribuições do Legislativo é legislar, e nós legislamos quando apreciamos as matérias que vêm do Executivo ou quando apreciamos as matérias dos outros”. Serafim é presidente da Comissão de Indústria, Comércio Exterior e Mercosul (Cicem).

Já o novato Augusto Ferraz (DEM) disse que é uma satisfação imensa estar trabalhando para a população do Estado e trazendo oportunidades e benefícios para todos aqueles que precisam do meu trabalho parlamentar. “Estou me familiarizando com a Assembleia Legislativa nesses três meses de atividades e trazendo para dentro da Aleam as dificuldades da população do Amazonas. Acabamos de fazer uma audiência pública e saímos com resultado positivo onde buscamos oportunidades para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de Iranduba – isso é de extrema relevância para nós e para o Estado”, ressaltou o democrata.

Ele informou, ainda, que durante o início do mandato já apresentou 52 requerimentos, dos quais já realizou uma sessão especial, uma audiência pública, um indicativo ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), para a implantação de um cartório civil dentro nas dependências do Instituto Médico Legal (IML). Ferraz é presidente da Comissão de Esporte e Lazer (CEL).

Platiny

Outro novato – aliás o mais novo deputado estadual do país – Platiny Soares, 23, do Partido Verde (PV), falou que tem trabalhado nas duas principais atividades que são típicas de um parlamentar, apresentando projetos e fiscalizando atividades públicas. “Hoje temos um entrave muito grande e estamos brigando e trabalhando para o cumprimento da lei de promoção dos praças da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), a lei 4.044, aprovada ano passado. Além disso, temos o PL que cria o Dia do Praça – que foi apresentado e aprovado”, enumerou.

Platiny informou também que tem vários outros projetos, mas como tem a sua base de trabalho na Polícia Militar, muitas vezes fica impedido de propor certos projetos de lei, pois na maioria das matérias a iniciativa deve partir diretamente do Poder Executivo. Atualmente, é presidente da Comissão de Assuntos Municipais e vice da Comissão de Segurança da Assembleia.

Por Helton Lima (equipe Jornal EM TEMPO).

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir