Economia

Nova tarifa de táxi já começa a valer em Manaus

taxi

Valor cobrado pelas oficinas credenciadas para a troca do chip é de R$ 190 e R$ 37,50 para a verificação do Ipem-AM, que emitirá um certificado válido por um ano – foto: divulgação

Até o dia 10 de agosto, o Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) vai realizar a mudança de tarifa dos taxímetros de mais de 4.000 táxis credenciados em Manaus.

O trabalho começou nesta segunda (15) e acontecerá de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, no Posto de Verificação do Ipem-AM, na avenida Flamboyant, Gleba D2H, Lote 15B2, Distrito Industrial II, na Zona Sul da cidade.

Segundo o diretor-presidente do Ipem-AM, Márcio André Brito, a mudança de tarifa atende ao decreto municipal número 3.088, de 14 de maio de 2015, publicado pela Prefeitura de Manaus, que estabelece o novo reajuste de 8,33% para a tarifa do serviço público municipal de transporte individual de passageiro por táxi, nas bandeiras 1 e 2.

“Iniciamos hoje o serviço com uma grande estrutura que oferece as oficinas credenciadas, os técnicos de inspeção e de teste, tudo no mesmo lugar para dar mais qualidade e agilidade no atendimento para os taxistas”, afirmou Márcio André Brito.

Calendário de atendimento

O diretor-presidente do Ipem-AM ressaltou, ainda, que os taxistas devem ficar atentos ao calendário de atendimento de acordo com o número final da placa do veículo.

“Após o término do prazo, iniciaremos a etapa de fiscalização, e o taxista que não compareceu receberá um auto de infração, com multa que pode chegar a R$ 1.700”, disse.

O valor cobrado pelas oficinas credenciadas para a troca do chip é de R$ 190 e R$ 37,50 para a verificação do Ipem-AM, que emitirá um certificado válido por um ano.

Com a nova tarifa, a bandeirada inicial é de R$ 4, a bandeira 1 R$ 2,60, a bandeira 2 R$ 3,45 e a hora parada sem uso do relógio é de R$ 40.
Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir